Partilhar, preservar e descobrir

Para lembrar a lenda de S. Martinho, as educadoras e as professoras do Departamento de Pediatria do HSM fizeram a sua dramatização por todos os serviços e deixaram um pequeno desafio para não esquecerem esta lenda.


Com o Pavilhão do Conhecimento, tivemos uma aula sobre centro de massa. A Sandra proporcionou-nos várias experiências onde explorámos os centros de massa de vários objetos. No final levámos connosco tucanos equilibristas 🙂

A Sandra e a Rita, também do Pavilhão do Conhecimento, trouxeram-nos minhocas. Pudemos pegar nelas, observá-las em pormenor e aprendemos imensas curiosidades… Imaginem que podem ter até 15 corações e que, apesar de terem cabeça, não têm olhos mas têm células fotossensíveis por todo o corpo! Também aprendemos a distinguir minhocas de lagartas!

A escola do HSM fez a sua primeira TeleAula do presente ano letivo com a escola do IPO. Explorámos vários tipos de pavimentações: com polígonos e com figuras da natureza, tal como o Escher fez. Foi um grande desafio!
Falámos também de pavimentos nossos conhecidos, da calçada portuguesa e ficámos a conhecer a arte dos nossos mestres calceteiros 🙂

Ainda dinamizámos na sala polivalente uma nova atividade com alunos e os monitores José e Ana do CAF S. Vicente.
Fizemos um jogo de apresentação com balões. Escrevemos os nossos nomes, desenhámos um colega, registámos o nosso ídolo e o nosso prato favorito e ainda partilhámos os nossos medos. No final rebentámos os balões. Pum, pum, pum… foi uma festa!

Oficina, visita e prémio, todos compõem o nosso património pedagógico

 Oficina de Origami

Fotografia do decorrer da atividade

O Halloween, tradição anglo-saxónica com origens no povo Celta, foi a temática da oficina dinamizada pelas Educadoras de Infância do HDE, Isabel, Gina e Cristina. Entre dobras e dobragens, fizemos aparecer morcegos e abóboras, guiados pelas indicações da experiente Educadora Isabel.

Foi uma manhã muito divertida!

Fotografia de apresentação dos trabalhos realizados

Matar Saudades

Fotografia dos cumprimentos dos colegas que passam no corredor

Desde julho que não nos víamos, e ainda não conhecíamos os novos colegas e professores da turma. Agora, no 3º CEB, visitámos a escola da aluna R. Na EBI Patrício Prazeres, assistimos às aulas de História e de Geografia, almoçámos juntos e convivemos um bom bocado.

Fotografia da turma na sala de aula

Fotografia de grupo à mesa do almoço

Depois da ansiedade pela chegada do dia, a alegria de estar na escola!

Fotografia do encontro com um grupo de colegas no corredor

Visita Inesperada

Fotografia da aluna, da professora e do Galo de Barcelos

A propósito da entrega do Prémio Nacional eTwinning na categoria Inclusão, e do respetivo Selo de Qualidade, ao projeto A birthday card for Rebeca, de que já demos conta aqui, recebemos a visita emocionada de uma das professoras participantes no projeto, a professora Cláudia.

Fomos muito mimados!

Fotografia do prémio

Para a cerimónia de entrega dos prémios foram convidadas a professora Ana Madalena, fundadora do projeto, e duas das parceiras, as professoras Cláudia e Marisa.

Fotografia do Selo Europeu de Qualidade eTwinning 2017

Azulejos, Fernando Pessoa e alimentos saudáveis

Visitámos o Museu Nacional do Azulejo, em Xabregas, e fomos presenteados com uma visita guiada pelos vários espaços do edifício que celebra esta maravilhosa arte tradicional portuguesa. No dia seguinte, relembrámos o que vimos e ouvimos e fizemos um trabalho de expressão artística sobre a exposição de Haru Ishii, uma artista japonesa que vive em Quioto, Das sombras de Quioto à luz de Lisboa.

Alunos em cadeiras de rodas e em pé com a gui do museu observam o painel de azulejos da cidade de Lisboa
A visita guiada no MNAz
Várias tiras verticais com peixes de cores e motivos diferentes alinhados em arte de azulejo.
Uma das obras de Haru Ishii
Mãos dos alunos a tirar as medidas sobre papel de cartolina.
O trabalho dos alunos
Dois alunos em cadeira de rodas e a guia do Museu a falar sobre as obras de Haru Ishii.
A visita guiada à exposição “Das sombras de Quioto à luz de Lisboa”
Cinco trabalhos em papel que imitam o trabaho do azulejo com várias cores e formas.
O trabalho final dos alunos

Celebrámos o mês da alimentação, com trabalhos alusivos ao tema: elaboração da roda dos alimentos, aulas sobre alimentação saudável e uma sessão de degustação de frutos saudáveis de Portugal e não só. O fruto eleito como mais saboroso foi o maracujá.

Em cima da secretária e sobre um pano de cozinha encontram-se uma romã, bolotas, castanhas ainda dentro dos ouriços, castanha venenosa, mirtilos e maracujás.
Uma mesa bem servida

Recebemos a visita das mediadoras culturais da Casa Fernando Pessoa que nos falaram sobre Almada Negreiros, grande amigo do poeta. A atividade chamava-se Descalçar botas d’elástico e fazer uma revista modernista. A verdade é que não fomos mesmo nada botas de elástico e conseguimos fazer pequenas revistas modernistas cheias de criatividade e imaginação.

Um grupo de alunos dispostos em mesa redonda a escutar a mediadora cultural e a observar uma revista de Almada Negreiros.
A aprender quem foi Almada Negreiros
Uma aluna corta uma tira de papel dobrada como um harmónio com a ajuda de uma das mediadoras culturais.
A fazer uma revista modernista
Cinco das nossas revistas modernistas: O prédio, Sou a lua, A Clarinha, BlaBla e uma sem título.
Algumas das nossas revistas modernistas

Ainda tivemos tempo para aprender os continentes e os oceanos.

Um mapa mundo e um globo terrestre dividido ao meio em cima de uma secretária.
Digam lá, por favor, quantos são os continentes?

Explorando o fundo do mar!

Projeto “O Mar no Hospital”

Este ano, com a ajuda das madrinhas do Hospital de Santa Maria, iniciámos um novo projeto na Escola do Serviço de Pediatria, o projeto O Mar no Hospital, com  o oceanógrafo Dr. Francisco Silva.

Foi com muito gosto que os nossos alunos receberam este projeto que pretende explorar o fundo do mar de uma forma dinâmica e divertida!

Na primeira sessão percebemos como surgem as ondas e explorámos em pormenor as tão famosas ondas da Nazaré!

Com muita admiração, os nossos alunos aperceberam-se que no fundo do mar da Nazaré existe um canhão!!

Halloween

Para a noite do famoso doçura ou travessura, os meninos e as meninas internados no Serviço de Pediatria enfeitaram os sacos para angariarem os desejados doces!

Foi um doçura ou travessura muito doce!!

Programação, experimentação e preservação!

Já recomeçámos as atividades do Robot Ajuda! O professor Paulo Torcato trouxe-nos uma novidade: um pequeno robot DOC que não para de interagir connosco. Temos que o programar para que ele possa responder aos vários desafios que nos são colocados.

 

 A partir do Pavilhão do Conhecimento, a Sandra deu-nos uma aula de densidades e tensão superficial. Foi uma aula bem divertida em que pusemos alguns sólidos e vários líquidos à prova. Graças às diferentes características da água e do óleo construímos ainda um lavalamp bem colorido.

A Sandra também nos visitou e levou-nos a fazer uma viagem pelo Oceano Global. Percebemos a pouca quantidade de água que temos disponível para beber, fizemos uma pescaria sustentável (mais do que a quantidade, o que importa é o tamanho!), limpámos uma praia e observámos na lupa um creme exfoliante onde encontrámos plásticos. Com as escolhas certas, todos podemos ajudar a preservar a água do nosso planeta!