Histórias com rimas e lobos

A bióloga de mão dada com a mascote fala para os alunos.As mediadoras culturais do Serviço Cultural e Educativo do Bairro dos Museus, Diana Silva e Joana Santos, visitaram a nossa escola de hospital para nos dar a conhecer, numa primeira sessão, a Casa das Histórias Paula Rego, assim como certas características que definem o trabalho da artista Paula Rego.

Abordámos rimas de berço inglesas que inspiraram a sua obra Nursery Rhymes e criámos, de uma forma natural, versos em inglês que rimavam entre si e que caminharam de cá para lá e de lá para cá entre os dois grupos de participantes. Por fim, cada grupo musicou espontaneamente os versos do grupo contrário.

Na segunda sessão, abordámos a narrativa presente no trabalho artístico da autora portuguesa, tendo de novo como centro da nossa atenção a obra dedicada às rimas de berço. Foi feita a apresentação da exposição Pra lá e pra cá presente, neste momento, na Casa das Histórias Paula Rego, e do espetáculo de bailado homónimo que decorreu há duas décadas na Fundação Calouste Gulbenkian. Procurámos identificar as personagens e o espaço das histórias que ouvimos e lemos nas gravuras de Paula Rego, em ilustrações antigas e nos excertos do bailado que visionámos. Realizou-se ainda uma breve abordagem à componente transdisciplinar do espetáculo do processo à realização. Por fim, construímos três cadavre exquis: dois sobre a ovelha e um outro subordinado ao tema Carro lançado por um dos alunos presentes.

<na sala da escola os alunos, à volta de uma mesa e um aluno em cama, observam uma ilustração antiga com uma ovelha e a mediadora cultural fala para os participantes.

Tiras de papel branco com rimas em inglês sobre uma cartolina preta.

As mediadoras culturais mostram ilustrações antigas das rimas de berço inglesas.

Um aluno observa atentamente uma ilustração antiga de uma rima d eberço.

Dois alunos desenham a sua parte do cadavre exquis.

O cadavre exquis completo sobre o tema "carro": rodas, caminhos que se entrecruzam, uma rotunda e uma casa entre outros rabiscos.

Observação de uma gravura da artista Paula Rego sobre a rima de berço "Baa baa black sheep".

Uma aluna desenha umas pernas com botas.

os dois cadavre exquis abertos: duas ovelhas completamente diferentes.

Lobo ibérico

A bióloga Isabel Ambrósio e a mascote Signatus, do Centro de Recuperação do Lobo Ibérico (CRLI), visitaram a nossa escola de hospital para nos falar desta espécie em vias de extinção.

O canis lupus signatus é uma espécie que representa o Património geográfico de Portugal e deu origem a histórias e lendas onde nem sempre é visto com bons olhos. Mas, após ouvirmos a bióloga Isabel falar acerca da morfologia e do comportamento deste animal, mudámos a nossa opinião.

 Os alunos observam uma imagem do lobo projetada no quadro interativo.

Uma mascote de tamanho humano cumprimenta os alunos presentes sob o olhar atento da bióloga Isabel.

A bióloga de mão dada com a mascote fala para os alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *