Expressão é comunicação

Ao depararmo-nos com dois jovens com internamentos de longa duração, com a mesma idade (14 anos), oriundos do mesmo país (Angola) sem qualquer vínculo a escolas em Portugal ou ao currículo português, surge a questão: o que fazer com estes jovens?

Foi com base nesta dúvida que resolvemos potenciar uma amizade a distância baseada no trabalho das paixões de cada um deles (um que adora desenhar e outro que adora escrever poemas). E assim surgiram estas páginas de um livro que ainda está em construção… tal como a amizade 🙂

Poema e ilustração (jovem dá algo a um pedinte) sobre a bondade Poema e ilustração (uma mulher de cabelo curto) sobre a mulher Poema e ilustração (homem e mulher que se abraçam) sobre o amor Poema e ilustração (criança brinca com nariz de adulto que a segura ) sobre a criança Poema e ilustração (homens e mulher jogam voleibol de praia - o mar e o sol em fundo) sobre o mar Poema e ilustração (pessoas de mão dada) sobre amizade verdadeira Poema e ilustração (jovem na cama dorme e há uma mochila e livros e uma bola pelo chão ) sobre sonhar

Para além do apoio escolar dado diariamente aos vários jovens internados no Hospital de Santa Maria, a escola continuou a receber a visita de vários parceiros.

A Evelina e o Filipe trouxeram-nos do Pavilhão do Conhecimento o fascinante mundo das metamorfoses. Analisámos algumas borboletas e com a lupa estereoscópica vimos pormenores impossíveis de observar a olho nu… como a espirotromba! Construímos um modelo das metamorfoses da borboleta, não esquecendo os ovos, a lagarta, a pupa e, claro, a borboleta! Foi uma tarde espetacular.

Evelina e o Filipe do Pavilhão do Conhecimento com alunos e professoras

Borboletas em caixas redondas transparentes

Alunos pintam as suas borboletas

Borboletas recortadas e pintadas

Numa videochamada, a Evelina ensinou-nos a construir um animal especial. Escolhemos o animal e conseguimos pô-lo a mexer e iluminámos o seu nariz… tudo com a ajuda de um motor, led e pilhas. Foi muito divertido!

Professora Diana com alunas e Evelina no computador

Professora Diana com alunas e Evelina no computador

Professora Diana com alunas e Evelina no computador - animais quase concluídos

Animais concluídos - Panda, porco e gato com ventoinha e nariz vermelho aceso

O professor Paulo Torcato veio acompanhado com o André e estivemos a programar os robos BOTs . Foi uma sessão muito animada, principalmente quando os programámos para os levar a passear tal como fazemos com os cães. Sim, e estes também ladravam!

Porf Paulo Torcato e alunos com BOT e tablets

Também tivemos a visita da Andreia, do Ricardo e do Rui que vieram do Museu Calouste Gulbenkian com uma proposta de atividade de outros tempos – Diz que disse!. O Ricardo, como nunca viu elefantes, desenhou um baseado nas nossas descrições. Depois foi a nossa vez de descrever e de desenhar. Por fim, com base na descrição de Fernão Mendes Pinto, desenhámos todos um “caquesseitão”… Tentem vocês também! Foi uma manhã muito bem passada 🙂

Ricardo e Rui do Museu Calouste Gulbenkian, professoras e alunos

Ricardo e Rui mostram um elefante desenhado com nariz de pessoa

Alunas a desenhar e a ver imagens

Alunos e adultos desenham e pintam as suas criações

Viagem de Esperança neste Mar que é a Vida

Frase Uma estrela vive para sempre nas nossa memórias e nos nossos corações!

“Marinheiros de Esperança”

Retrato de Fernão de Magalhães

Mapa com a rota de Fernão de Magalhães
Os nossos alunos embarcaram com os Marinheiros da Esperança, um projeto que envolve  Pediatrias do Serviço Nacional de Saúde de todo o país, e viajaram com Fernão de Magalhães na sua viagem de Circum navegação.

Aqui ficam dois dos trabalhos já realizados, esperemos que outros alunos embarquem connosco também.

Aguarela com nau de Fernão de Magalhães e mar

Desenho a lápis de Fernão de Magalhães com caravela atrás

Academia de Código

Iniciámos as atividades com a equipa da Academia de Código.

Alunos, professores e animadores da Academia

Viajámos pela evolução da tecnologia e pelo modo como ela influencia a nossa vida diária. Muito interessados e empenhados, os nossos internautas realizaram atividades interativas bem divertidas.

Alunos a utilizar tablets

Alunos a utilizar tablets

Muito obrigada, Sofia e Diogo, por nos terem proporcionado esta viagem pelo mundo tecnológico!

O Baloiço das Emoções

Neste período tivemos a oportunidade de realizar mais uma teleaula com o Clube de Tecnologia da Escola Básica Integrada da Bobadela, em que os nossos alunos  construíram um baloiço das emoções provocando um campo magnético.

Alunos da Bobadela no ecrã da escolinha

A elaboração do baloiço exigiu muita concentração, minúcia, arte e paciência dos nossos alunos na montagem do kit fornecido pelos nossos amigos.

Alunos e professora a construirem o baloiço

Com grande incentivo por parte dos alunos do Clube e seguindo à risca as indicações dadas, fomos ultrapassando as  dificuldades que foram surgindo e o resultado final valeu a pena.

Alunos e professora a construirem o baloiço e baloiço já construído

Baloiço construído

Obrigada a todos, professores e alunos do CT da Bobadela!

Estamos de Parabéns!

Imagem da Biblioteca da Escola com texto Páscoa Feliz