Património produzido, património divertido

Basquetebol em TeleAula

Por videoconferência com o Clube de Educação Tecnológica da Escola Básica Integrada da Bobadela, construímos uma tabela de basquetebol.

Alunos em TeleAula

Alunos e professoras constroem tabela de basquete

Alunos em TeleAula

Pormenor de construção da tabela de basquete

Pormenor de construção da tabela de basquete
No final, registou-se em vídeo a alegria dos 3 pontos.
E agora, um desafio ao IPOLFG: Que tal encestarmos ao desafio?

Houve ainda tempo nesta TeleAula para uma atividade bónus: um desafio matemático.


Qual o vosso resultado? A nossa aluna Vera já o resolveu… e bem! Está de parabéns!

Let’s Play Colours para a HOPE

O congresso anual da associação sem fins lucrativos HOPE (Hospital Organisation of Pedagogues in Europe) vai este ano ter lugar na Polónia. Através da plataforma eTwinning recebemos um convite para um projeto que desafia os nossos alunos a prepararem trabalhos para serem expostos no congresso, usando apenas as cores azul, verde e vermelha.
Os trabalhos já seguiram por correio.

O Almada voltou

O serviço de educação da Fundação Calouste Gulbenkian voltou ao nosso convívio e trouxe novamente consigo o convidado José de Almada Negreiros.

À luz do que tinha acontecido na primeira sessão desta oficina, também desta  resultou um um vídeo iluminado.

Agradecemos a todos a colaboração. Sem ela, este património não se constituiria nem seria tão divertido.

Navegando pelo projeto TeleAula

No mundo da construção

No dia 28 de fevereiro, com os alunos da EBI da Bobadela, os nossos alunos construíram um cesto de basquetebol. Foi uma atividade que provocou muitos sorrisos, principalmente para os nossos alunos mais habilidosos!

Muitos cestos foram marcados!!!

Materiais para construção de cesto de basquete Construção do cesto de basqueteCesto de basquete de mesa - resultado final

Explorando construções antigas

No dia 7 de março, em parceria com os alunos da escola do Hospital de Santa Maria, viajámos pelos mais belos castelos de Portugal:

  • Castelo de Guimarães
  • Castelo de Santa Maria da Feira
  • Castelo de Tomar
  • Castelo de Almourol
  • Castelo de Porto de Mós
  • Castelo de Lisboa
  • Castelo de Marvão
  • Castelo de Silves

Uma descoberta do nosso património que nos deixou com muita  vontade de viajar no nosso país.

Alunos à volta da mesa na escolinha Mapa de Portugal com imagens dos castelos

Viagens com cheiro a verão!!!!!!

Viajando pelo projeto TeleAula

Os alunos da EBI da Bobadela fizeram-nos uma surpresa.
Visitaram o serviço e trouxeram uma máquina especial. Foi uma delícia!!!!
Uma máquina de fazer “dinheiro”….. e ensinaram-nos a construí-la! Só é pena as notas não serem válidas!!!!

 

 

 

Continuando nas viagens pelo mundo… voltámos a visitar sítios longínquos e traços culturais de diferentes povos com os alunos do HSM.

 

 

 

Viajando no tempo

O projeto mitologia ofereceu-nos duas viagens fantásticas: a guerra de Tróia e as aventuras de Jasão e os argonautas.

 

Viagens pelo arraial dos Santos Populares

E como é nossa tradição… comemorámos os Santos Populares com muita animação!!!!
Aqui fica o altar com o Santo da nossa cidade: Santo António!!!

Viagem entre realidades

Uma dolorosa realidade que não podemos ignorar…

Abril foi mais uma vez assinalado como mês da prevenção dos maus-tratos na infância. Respondendo a um apelo do Núcleo Hospitalar de Apoio às Crianças e Jovens em Risco (NHACJR) do HDE, procurámos dinamizar atividades no âmbito desta temática e mais especificamente para a promoção da Parentalidade Positiva, como proposto pelo núcleo.

Lemos com os nossos alunos o livro Uma questão de azul-escuro, da autoria de Margarida Fonseca Santos, e com eles elaborámos um cartaz para expor os nossos alertas.

           

Depois, no dia 8 de maio, participámos com colaboradores de variadas áreas profissionais na formação mandatória específica Violência e maus tratos a crianças e jovens – sensibilização geral, promovida no HDE pelo NHACJR. Esta ação teve, entre outros objetivos, “promover uma cultura de deteção e sinalização de maus tratos e ou situações de perigo na criança”. Como nos transmitiram os oradores, cada um de nós é importante na deteção e prevenção dos maus-tratos, seja a quem for. Ficou marcada na nossa mente a frase final:

Que ninguém fique de fora!

A realidade dos desejos concretizados

Viveram-se momentos de magia, trazidos pelos nossos amigos do Clube de Educação Tecnológica da Escola Básica e Integrada da Bobadela, desta vez a cores e ao vivo, que nos deram a possibilidade de tornar quase reais alguns dos nossos sonhos. Construímos uma “impressora manual” capaz de debitar valiosas notas de euro e extraordinários bilhetes de avião com destino ao mundo encantado de um parque temático fantástico.

Um viagem por momentos mágicos que nos divertiram!

Sempre em festa, a viagem continua…

Seguindo o trilho do projeto e-Twinning “A birthday card for Rebeca”, cujo estrondoso êxito ainda ecoa pelo nosso caminho e que se prolongou pelo S.Valentim adentro, prosseguimos com a nossa viagem simulada por alguns dos países dos quais tem chegado correspondência.

Viagem pelas capitais da Europa

Com a excelente iniciativa e ajuda dos nossos amigos do Clube de Educação Tecnológica (C. E. T.) da Escola Básica Integrada da Bobadela viajámos pelas capitais de alguns países europeus. Foi o clube que concebeu e planificou a atividade e que elaborou e nos forneceu os kits de material necessários para construímos um jogo muito divertido, o qual nos permite brincar e aprender alguns dos nomes das capitais de países da Europa. Seguimos as suas preciosas instruções em TeleAula, por videoconferência, et voilá… os ímanes que nos comandem!

base em aglumerado de madeira, tabuleiro de jogo com o nome dos países, tampas de plástico com etiquetas das capitais, passaportes e ímanes
Explorando o material que compunha o kit

 

Base de jogo, tampas e passaportes concluídos
Passaportes prontos

Demonstração da colagem das tampas a quente
Instruções sobre como colar cada país no tabuleiro de jogo
O jogo está pronto, cada jogador vai preencher o seu passaporte
Quem preencherá primeiro o seu passaporte?
Retrato dos alunos do clube
Clube de Educação Tecnológica, esperamos ver-vos ao vivo!

Concluídas as viagens virtuais, e enquanto não surge oportunidade para uma real viagem internacional, preparemo-nos para o aqui e agora.

A “Mala do dinheiro”

Assinalamos também a viagem da nossa querida Rebeca ao mundo real do Euro (€). Pela primeira vez na sua vida, decidiu o que comprar com a quantia que possuía… e ainda recebeu troco.

Foi um momento muito emocionante para a aluna, como o documentam as imagens.

A tabela de preços
A consulta do preçário

A vitrine da pastelaria
A escolha do produto
A transação
Produtos prontos a levar

Compras feitas

Compras no saco

Um cheirinho a Carnaval

E claro… foliões como somos, não podíamos deixar de assinalar a época carnavalesca! Máscaras, bigodes e bocas, jogos e banquete, com um bolo Brigadeiro que estava uma delícia.

Grupo de mascarados
Foliões, entre máscaras, bocas e bigodes

Encontrar o Norte

Parados ou em viagem, convém não “perder o Norte”.
Isto tem especial importância para quem almeja o Pólo Norte ou a Lapónia, em busca do Pai Natal!
Com a colaboração do Clube de Educação Tecnológica da Escola Básica Integrada da Bobadela, construímos as nossas próprias bússolas.
Com materiais simples, aprendemos a distinguir diferentes tipos de íman e metais magnetizáveis, aprendemos a magnetizar a agulha da nossa bússola e revimos os pontos cardeais.
Agradecemos muito ao Clube a preparação dos materiais e as indicações precisas sobre os procedimentos a levar a cabo para chegar a bom “norte”!

*****

A nortada não tem destruído o nosso mini latifúndio, como podem comprovar…

As sementes do CMRAlcoitão prosperam! O Ano Novo promete!

*****
Falando em Ano Novo, e como nos portámos bem este ano, fomos em busca do Pai Natal no Hospital de Santa Maria para nos conceder em desejo o realizar de um sonho que perseguimos há muito…

De lá trouxemos uma rena espacial e especial – o Rudolfo.

Não só somos mimados como sabemos mimar! Oferecemo-NOS um lanche natalício:

Partilhamos convosco a dádiva musical, cheia de espírito natalício, que a Orquestra do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves nos trouxe e que vos abrirá o apetite para a quadra.

A todos desejamos um Feliz Natal! *****************************

Ter TeleAula e contar como foi

O Clube de Educação Tecnológica da EBI da Bobadela propôs em mais uma TeleAula uma atividade de engenho, saber e arte!
Contamos que a TeleAula seja um veículo de troca de saberes e partilha de experiências. Apreciamos o tempo e os materiais em que os nossos parceiros investiram. Aprendemos muito com a sua generosidade e criatividade. Contamos com a sua sábia orientação e com a nossa capacidade de improviso.
Desta vez construímos um carrinho movido a eletricidade e comandado por magnetismo.

A apresentação dos intervenientes

Enquanto noutro espaço da sala decorria uma atividade diferente
O início da construção
Diferentes fases do processo
Atenção…
…na execução.
Alunos e professores trocando impressões

Fica o curto vídeo de demonstração do funcionamento do engenho:
Esperamos que tenham gostado tanto de ver como nós gostámos da experiência deste desafio!

Faz de conta que “robotizamos”

Como o Carnaval já vem perto, vamos lá Fazer de conta… que robotizamos!

…e foi isso mesmo que fizemos!
Com o Clube de Educação Tecnológica da EBI da Bobadela, construímos via TeleAula uma mão articulada! Gargalhadas não faltaram, a animação foi total. E se uns conseguiram mãos delicadas e com movimentos harmoniosos, os outros nem tanto… Mas com dedos tortos ou direitos, o resultado foi bem enquadrado na época que se aproxima.

Fica aqui o registo da nossa atividade.

Mão Robot

Robot apontador

A nossa aluna Rebeca recebeu a visita de alunos e professores do premiado Clube de Robótica da EB de São Gonçalo, de Torres Vedras. Com eles trouxeram um apontador robótico para ecrãs táteis, material muito interessante para alunos com acesso limitado às novas tecnologias, que a nossa jovem Rebeca experimentou.
Deste encontro, ficou a sementinha para uma futura, e esperamos que duradoura, amizade entre a nossa menina e os jovens do clube.
Registaram-se alguns desses agradáveis momentos, dos quais deixamos este.

Já tínhamos cá o bichinho instalado pelo HSM, o “Robot pintor”. Desta vez fizemos uma Mão Robótica e experimentámos um Robot Apontador para ecrãs táteis. O que se seguirá?

A TeleAula aquece corações/”Quentinhas e boas”

Faz de conta que temos frio…

Apesar do verão de São Martinho este ano chegar bem quentinho, nós decidimos aquecê-lo ainda mais e na Sala de Apoio Escolar fizemos um magusto!!! Contámos com a presença de alunos de várias enfermarias e ciclos de ensino e das Educadoras de Infância.
Como não tínhamos brasas, nem fogueiras, trouxemos uma velha Patusca! Depois de várias tentativas, com o quadro elétrico a “ir abaixo”, decidimos recorrer ao microondas do Serviço de Adolescentes… e finalmente lá conseguimos. O “bolinho da caneca”, confecionado no momento, também não faltou, assim como um chá quentinho. Pelo meio, e para quem não aprecia o sabor destes petiscos de outono, fizeram-se cartuchos em origami e crucigramas!

Faz de conta que estamos perto…

Este ano temos mais um parceiro para as TeleAulas. Tão perto ficámos da cidade do Porto! Iniciámos ligações por videoconferência com o Hospital de São João e até com o Joãozinho já falámos! Fica aqui o registo desses momentos.

E porque gostamos de manter velhas amizades, continuamos com os nossos parceiros do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão e com a EBI da Bobadela.

A luz é onda mas também corpúsculo

A luz também é partícula!

Com a nossa aluna Michaela, na sala de tratamento de hemodiálise, continuamos a estudar a luz e, como não podia deixar de ser, falámos de Albert Einstein.
Quando se fala deste cientista pensamos automaticamente na sua famosa equação E=mc2 e na sua Teoria da Relatividade, julgando dever-se a ela o seu prémio Nobel da Física em 1921. Na realidade, o prémio foi-lhe atribuído pela revolucionária interpretação do Efeito Fotoelétrico!
A nossa Michaela  estudou esta experiência e o desenvolvimento de tecnologia eletrónica que ela permitiu, ficando a conhecer muitas das suas aplicações no nosso dia a dia.
Fica aqui, de uma forma muito resumida, a explicação desta experiência (escrita pela nossa Mikas!)
Já anteriormente os cientistas tinham descoberto que uma radiação com determinada energia, ao incidir sobre determinados materiais (especialmente metais) provocava a ejeção de eletrões que poderiam criar uma corrente elétrica (Efeito Fotoeléctrico).
Então, o que introduziu de novo Einstein que lhe valeu o Nobel da Física com esta experiência? Ele introduziu a Teoria Corpuscular da radiação, interpretando o referido efeito fotoelétrico como resultado do choque de partículas de luz (fotões) com os eletrões do material sobre o qual a radiação incidia.
Qual o impacto desta experiência (efeito fotoelétrico) na nossa vida? O impacto é GRANDE. Utiliza-se, por exemplo, nos detetores de fumo, nas portas automáticas e em laboratórios para a contagem de bactérias.
Podemos pensar que ao carregarmos no botão do comando, da nossa garagem, estamos a utilizar o efeito fotoelétrico!

 A luz e os seus (en)feit(e/o)s!

Dos nossos parceiros eTwinning da Finlândia chegou nova correspondência e, entre outras coisas, uma imagem pintada por um aluno e uma fotografia muito bonitas da Aurora Boreal! Vejam lá a nossa sorte!
Pela Finlândia, auroras boreais são tema de correspondência
Fotografia de uma aurora boreal, enviada de Oulu, Finlândia

A revista National Geographic deste mês tem um artigo muito interessante sobre este tema!
Desta favorável coincidência, decorreram algumas conversas com os alunos mais fascinados por estas matérias!
Ficaram a saber que as auroras boreais são um fenómeno que decorre da atividade solar. Em alturas de maior atividade deste nosso Astro, intensifica-se o vento solar (carregado de protões, eletrões…) que em contacto com a magnetosfera terrestre (campo magnético da Terra, o nosso escudo protetor) origina a formação destes magníficos  efeitos luminosos!
As cores podem variar entre verdes e vermelhos, estando este facto  relacionado com a composição do gás que está presente e com a altitude a que se dá este fenómeno, por exemplo: o verde relaciona-se com a presença do gás oxigénio.
Ficaram, também, a saber que este fenómeno pode ser igualmente observado no Pólo Sul e que aí tem a designação de Aurora Austral.
TeleAula com os nossos parceiros da EBI da Bobadela

À semelhança dos nossos amigos do IPOLFG, fizemos uma TeleAula com o nossos parceiros da EBI da Bobadela, e mais uma vez foi um grande sucesso! Para o bom resultado final, que tanto prazer deu aos nossos alunos, muito contribuiu a preciosa orientação dos membros do Clube de Educação Tecnológica, que guiaram os nossos passos e seguiram os nossos gestos ao pormenor. Muito obrigada!
Depois da construção do Periscópio e de falarmos um pouco sobre a utilidade deste instrumento ótico, as nossas alunas mais criativas deram um acabamento final aos seus trabalhos. Fica aqui um belo registo!
Durante a pintura de um dos periscópios

Fogo e água como inspirações temáticas