21º Encontro TeleAula

Sónia, Dulce, Clara, Sara, Dina e Magda apresentam o trabalho dos hospitaisPrestes a terminar mais um ano lectivo, tivemos hoje a oportunidade de realizar mais uma reunião anual da rede de escolas de hospital do Projecto TeleAula na EB23 José Cardoso Pires.

Numa altura em que as escolas fazem, a vários níveis, um balanço das actividades, juntamo-nos para pôr em comum trabalhos, parcerias e realizações mas também desafios, vicissitudes e necessidades.

Neste 21º Encontro, depois das palavras de boas vindas da Directora do Agrupamento José Cardoso Pires, seguimos com a partilha de cada hospital: alunos apoiados, projectos levados a cabo e reflexão sobre os aspectos conseguidos e as dificuldades ultrapassadas ou intransponíveis.

Durante a parte da tarde, contámos com a generosidade dos colegas Fernando Franco e Susana Tavares, da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas, para nos falarem de dois eixos da actual resposta educativa, nomeadamente o Perfil dos Alunos à saida da escolaridade obrigatório e o Projecto de autonomia e flexibilidade curricular, e de projectos e concursos que a Direção Geral da Educação apresenta às escolas instando-as a apresentar trabalhos que sejam fruto e motor de inovação.

Jornais escolares, Blogues educativos, SeguraNet, Ambientes de aprendizagm (vulgo Salas de Aula do futuro), eTwinning, Systemic, Eduscratch, Conta-nos uma história, Apps 4 Good, Media@ção, Líderes digitais, etc. são alguns dos desafios que encontraram um forte eco nos professores da escolas de hospital e, certamente, o próximo ano trará novidades e respostas dos nossos alunos.

O tema condutor do próximo ano será Comunicar é preciso, partindo de um dos temas propostos pelas Nações Unidas para o ano de 2019, o Ano Internacional das Línguas Indígenas. Brevemente encontrar-nos-emos para delinear estratégias e parcerias entre hospitais que nos levar a cabo esta tarefa no próximo ano.

Até lá, ficam algumas imagens no álbum 21º Encontro TeleAula.

Património ao loooooongo dos tempos

A Escola do Departamento de Pediatria do HSM realizou mais uma TeleAula com a Escola do IPO. Viajámos por Lisboa e ficámos a conhecer alguns dos seus principais monumentos a partir de pequenas curiosidades e desafios. Foi uma sessão cheia de novidades, já que a maioria chegou há pouco tempo de outro país e ainda não conhece a nossa capital.

Professora Diana com aluna a realizar exercícios em TeleAula com IPO

Professora Diana com aluna a realizar exercícios em TeleAula com IPO

Alunos do IPO mostram trabalhos em TeleAula

Professora e aluna com os alunos do IPO em TeleAula

O professor Paulo Torcato visitou-nos novamente… já tínhamos saudades! Tivemos uma sessão num quarto de isolamento em que se fez programação com Scratch. Foi uma sessão alegre, ativa e cheia de empenho e trabalho. No final, a nossa aluna jogou um jogo construído por ela.

Aluna e professor programam em Scratch

Aluna programa em Scratch

Aluna programa em Scratch

Numa outra sessão, o professor trouxe-nos mBots para programar. Conseguimos ensinar estes robots simpáticos a andar, a parar e a “ver” obstáculos 🙂 Alunos de 5 países tiveram a oportunidade de programar um robot pela primeira vez.

Professores e alunos exploram os mbots

Professores e alunos programam os mbots

Professores e alunos brincam com os mbots

A Sandra e a Catarina vieram com a grande especialista em DINOSSAURIUS, a Inês, falar sobre estes animais já extintos.

Ficámos a saber que atualmente ainda existem animais que coabitaram o nosso planeta com eles (por exemplo, as formigas, tartarugas e tubarões) e outros que são seus descendentes (as aves!).

Alunos, professoras e monitoras com dinossauros e fósseis

Aluno explora fósseis com lupa

Trouxeram-nos, do Pavilhão do Conhecimento, várias réplicas de fósseis, crânios e dentes e nós também fizemos um molde de réplica.

Alunos exploram fósseis de dinossauro de brincar

Dinossauros em moldes

Dinossauros e lupa

Visitas de estudo pelo património

Na Escola do Departamento de Pediatria do Hospital de Santa Maria, para além do trabalho escolar realizado com cada um dos nossos alunos,  continuamos a ter umas “visitas de estudo” bem interessantes.

Claro que nestas visitas, ao contrário do que acontece nas escolas regulares, nós não nos deslocamos, abrimos as portas da nossa sala e do nosso computador a quem gosta de nos visitar.

A Sandra, em mais uma sessão do Projeto Ciência faz bem à Saúde,  trouxe-nos do Pavilhão do Conhecimento uma mala cheia de experiências: construímos máquinas de rabiscos, fizemos explosões de cores, vimos foguetões e submarinos em funcionamento, alterámos a nossa percepção com lentes prismáticas e até fizemos uma espetada de balões! Foi uma tarde muito bem passada 🙂

Sandra, do Pavilhão do Conhecimento, com a sua mesa de materiais

Alunos do HSM a fazerem espetadas de balões Aluno com lentes prismáticas

Num outro dia, a Sandra fez uma videoconferência connosco a partir do Pavilhão do Conhecimento com uma proposta de gastronomia molecular.

Dedicámos a nossa sessão a fazer caviar azul, verde e vermelho 🙂 Foi bastante divertido!

Alunos e professora em videoconferência com a Sandra

Aluno deita gotas de corante num copo

Alunos deitam gotas de corante num copo

Copos com corante vermelho, verde e azul e colher com bolinhas de diferentes cores

Também visitámos, em TeleAula com a escola do IPO, alguns castelos de Portugal. Percebemos quais as suas funções e descobrimos curiosidades muito interessantes sobre alguns deles:

  • Existem castelos roqueiros… que nada têm a ver com Rock and Roll!;
  • Martim Moniz sacrificou a própria vida ficando “entalado” na porta do castelo de Lisboa
  • D. Fuas Roupinho era o nome de um alcaide no Castelo de Porto de Mós.

Foi uma bela aula de história que nos deu um roteiro interessante para visitar!

Aluno com mapa e questões em TeleAula com o IPO

Aluno lê um pequeno texto em TeleAula com o IPO

Aluno com mapa e questões em TeleAula com o IPO

Aluno em TeleAula com o IPO

Explorando o património!

À descoberta da nossa herança grega

Os gregos deixaram-nos muita história e muitas histórias… Os nossos alunos puderam descobrir  os caprichos e  as extraordinárias capacidades dos deuses e heróis gregos. Ao mesmo tempo, também aprenderam as fragilidades de todos, sem deixar passar o famoso calcanhar de Aquiles.

As peripécias da Guerra de Tróia encantaram os mais novos.

Alunos à volta da mesa com imagens dos deuses e heróis gregosActividade de colagem com deuses e heróis gregos Folha com imagens dos deuses e heróis gregos

Descobrindo os mistérios da calçada portuguesa

Os nossos alunos com os alunos do Hospital de Santa Maria, no âmbito do Projeto Teleaula, exploraram várias figuras planas: triângulos, quadrados, hexágonos, pentágonos,  retângulos… e descobriram os segredos da pavimentação, inclusive, a pavimentação da calçada portuguesa.

Uma teleaula muito divertida e interessante!!!

Alunos calceteiros realizam actividade com formas geométricas Foto com formas geométricas no computador Alunos calceteiros realizam actividade com formas geométricas Actividade com formas geométricas

Uma visita especial ao Museu do Azulejo

Existem muitas formas de se visitar um museu. Foi com muita alegria que os nossos alunos receberam a equipa do Serviço Educativo do Museu do Azulejo.

Nesta primeira visita, tivemos a oportunidade de explorar o barro com diferentes técnicas e cada criança pode construir um presépio para levar consigo.

Esta atividade aguçou-nos a curiosidade para as próximas visitas!!

Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro

E chegou a época natalícia!!!!

Presépio de feltro Boneco de gengibre Postal com árvore de Natal

Árvore de Natal 

Pormenor de árvore de Natal - estrela

Descobrir os minós… máquinas e mecanismos

Com recurso a materiais manipuláveis, descobrimos combinações possíveis para a formação de dominós, triminós, tetraminós e pentaminós.

Reproduzimos figuras com os pentaminós e com os blocos tridimensionais do tangraminó.

Não foi fácil, mas gostámos do desafio!

Também começámos as nossas sessões com o Pavilhão do Conhecimento e recebemos a visita da Evelina e da Sílvia. Descobrimos que existem máquinas e mecanismos de todas as espécies e feitios cuja função é tornar o trabalho mais fácil. Falámos das máquinas mais simples, como a alavanca, até mecanismos como as engrenagens e as cremalheiras.

Mas bom mesmo foi pôr as máquinas em ação!

As nossas viagens…

Projeto Mitologia

Continuamos a nossa viagem pela mitologia com os doze trabalhos de Hércules. 
Os Doze Trabalhos de Hercúles são uma série de episódios arcaicos ligados entre si por uma narrativa contínua, relativa a uma penitência que teria sido cumprida por um dos maiores heróis gregos, Hércules.
Hércules era enviado para matar, subjugar ou encontrar uma planta ou animal mágico para Eristeu, representante de Hera.
Os Trabalhos de Hércules foram reunidos de fontes diferentes mas todos seguem o mesmo modelo e são os seguintes:
  •  Leão da Nemeia
  • A Hidra de Lerna
  • O Javali de Erimanto
  • A Corça de Cerineia
  • Os Pássaros do Lago Estínfalo
  • As Cavalariças do Rei Áugias
  • O Touro de Creta
  • As Éguas de Diomedes
  • O Cinto da Rainha Hipólita
  • Os Bois de Gérion
  • As Maçãs de Ouro das Hespérides
  • O Cão Cérbero 
As Metamorfoses de Ovídio permanecem, até hoje, como um dos trabalhos poéticos mais aclamados sobre mitologia. É o poema mais influente da história da poesia e da arte.
O principal tema são as Metamorfoses, transformações que são relativamente frequentes na mitologia grega.

Uma visita diferente…

A Associação Mensagem d’Ordem trouxe-nos a visita da atriz Sandra Barata Belo e, com ela, uma manhã bem divertida com a leitura e dramatização do livro Histórias que Me Contaste Tu de Manuel António Pina.

Projeto TeleAula

A EBI da Bobadela, mais uma vez, surpreendeu-nos com um jogo!!!
O jogo é feito com materiais reutilizáveis e, com ele, foi possível aprender factos sobre algumas capitais Europeias.
Fomos seguindo as orientações dos alunos do Clube de Educação Tecnológica e dos professores responsáveis, obtivemos sucesso na construção do jogo e divertimo-nos imenso.

Com os alunos do HSM, viajámos pelas cidades mais famosas do mundo.
Descobrimos e identificámos arranha-céus, estátuas, táxis, igrejas, torres, museus, teatros, estações do metropolitano, pontes, comida típica e um relógio.
Que vontade tivemos de fazer as malas e partir para conhecer tudo o que aprendemos!!

Viajando pelos projetos!

Projeto Mitologia

Durante o mês de janeiro e fevereiro, a partir do projeto Mitologia, viajámos com Eneias. 
Eneias, depois da Guerra de Tróia, deixa a cidade acompanhado da família e viaja pelo mediterrâneo em busca de uma nova pátria. 
Acaba por aportar na península Itálica e está na origem da fundação de Roma. 

Comemorando o dia de São Valentim fomos explorar a história romântica de Eros e Psique, uma das lendas mais belas e conhecidas da mitologia grega.
Eros ou Cupido, um imortal muito belo, era filho da deusa do amor, Afrodite. Psique era uma mortal também muito bela mas que não tinha conseguido casar.
No meio de muitas peripécias apaixonam-se e Psique fica imortal e é levada para o Olimpo.
Eros e Psique nunca mais se separaram!!!

Projeto TeleAula

No dia 8 de fevereiro, com os alunos da Escola do HSM, viajámos pelos costumes, pela gastronomia, e zoologia e ainda descobrimos algumas curiosidades de vários países.
Uma TeleAula muito animada e divertida!

Encontrar o Norte

Parados ou em viagem, convém não “perder o Norte”.
Isto tem especial importância para quem almeja o Pólo Norte ou a Lapónia, em busca do Pai Natal!
Com a colaboração do Clube de Educação Tecnológica da Escola Básica Integrada da Bobadela, construímos as nossas próprias bússolas.
Com materiais simples, aprendemos a distinguir diferentes tipos de íman e metais magnetizáveis, aprendemos a magnetizar a agulha da nossa bússola e revimos os pontos cardeais.
Agradecemos muito ao Clube a preparação dos materiais e as indicações precisas sobre os procedimentos a levar a cabo para chegar a bom “norte”!

*****

A nortada não tem destruído o nosso mini latifúndio, como podem comprovar…

As sementes do CMRAlcoitão prosperam! O Ano Novo promete!

*****
Falando em Ano Novo, e como nos portámos bem este ano, fomos em busca do Pai Natal no Hospital de Santa Maria para nos conceder em desejo o realizar de um sonho que perseguimos há muito…

De lá trouxemos uma rena espacial e especial – o Rudolfo.

Não só somos mimados como sabemos mimar! Oferecemo-NOS um lanche natalício:

Partilhamos convosco a dádiva musical, cheia de espírito natalício, que a Orquestra do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves nos trouxe e que vos abrirá o apetite para a quadra.

A todos desejamos um Feliz Natal! *****************************

As atividades de outubro!

A primeira TeleAula do ano

No dia 19 de outubro tivemos a primeira TeleAula do ano!
Com os alunos do Hospital de Santa Maria, iniciámos a nossa viagem… construímos uma mala e discutimos sobre o que era preciso levar numa mala de viagem.
Uma TeleAula divertida!!!

Halloween

Como é costume, o Halloween é muito bem celebrado no Serviço de Pediatria do IPOLFG.
Muitos doces e travessuras!!!

Projeto Mitologia

Este mês, reiniciámos o projeto Mitologia da Faculdade de Letras de Lisboa.
A Guerra de Tróia foi o primeiro tema deste ano letivo.
A guerra de Tróia foi um conflito entre os povos gregos que habitavam a Grécia Antiga e os Troianos. Gregos e Troianos entraram em guerra por causa da bela princesa Helena de Tróia.
Esta guerra durou cerca de 10 anos e só terminou com uma ideia brilhante de Ulisses: a oferta de um cavalo… 

19º Encontro TeleAula

Viajar é a única coisa que compramos que nos torna mais ricos

A reunião anual da rede de escolas de hospital do Projeto TeleAula decorreu no dia 21 de Junho na Escola Básica José Cardosdo Pires, na Amadora.
O CANTIC, o Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, o Hospital de Dona Estefânia, o Hospital de Santa Maria e o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil partilharam as actividades, vitórias e desafios de mais um ano de trabalho e de colaboração.
O almoço partilhado foi pretexto para uma mostra de capacidades culinárias e exibição de talentos na área da cozinha vegetariana mas também para pôr outros temas em dia, para continuar a boa disposição e, até, para homenagens e despedidas “até já”.
A parte da tarde foi um brainstorming de ideias para a actividade magna que queremos concretizar no próximo ano lectivo.
Inspirados pela proclamação pelas Nações Unidas do ano de 2017 como Ano Internacional de Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, também nós quisemos viajar e conhecer e, por isso, surgiu o tema condutor do ano – A Mala do Viajante. Todos percebemos que essa mala é física e é virtual, tem dentro um instrumento musical carregados de esperança e de sonhos ou experiências de dor, de expectativa e de alegria que são de cada um; é uma mala onde todos nos encontramos para um convívio ou uma viagem no tempo; é uma mala sem barreiras, inesgotável fonte de músicas, livros, espaços, instrumentos científicos e criaturas que só existem na imaginação; uma mala nova de recomeços ou desgastada pelo uso e coberta de autocolantes e passaportes pesados de carimbos.
Começou mais uma viagem de quem recusa ficar parado com uma mala transportada por crianças que certamente apreciarão a irrequietude dos seus guias.