Comunicar como deve ser

O currículo continua a ser o centro das nossas atenções e motivo de grande azáfama.
Uma aluna do 10º ano de escolaridade teve apoio escolar durante o primeiro período e, na disciplina de Português, redigiu vários textos, sendo de salientar o Passatempo do povo, a propósito do cartoon de Norman Rockwell, que a seguir apresentamos.
Cartoon com várias pessoas a comunicar entre si numa cadeia de mensagens que chegam ao primeiro emissor como uma ofensa à sua pessoa.

Passatempo do povo

Independentemente da hora, do dia, do mês ou do ano, uma das únicas coisas que alimentam as conversas são, de facto, as bisbilhotices.
Um segredo nunca é um segredo. As pessoas sentem a necessidade de partilhar. Sentem a necessidade de inventar e, muitas vezes, opinar sobre o assunto.
O que passa de boca em boca é sempre alterado. Cada um tem a sua versão. Acrescentam-se sempre detalhes ao cenário. Parece que há prazer em inventar sobre a vida dos outros e, raramente, o que é dito corresponde à verdade.
Basicamente, é o que este cartoon descreve. Representa as várias alterações que o segredo vai tendo, até se transformar num boato.
Assim que o sujeito inicial é confrontado, a mentira que lhe é dita é de tal forma obscena que uma pessoa acaba por ficar chocada.
Em todas as coscuvilhices há apenas uma ponta de veracidade, pois o resto é tudo treta.

A mesma aluna recebeu dos seus colegas e da sua professora de Espanhol um vídeo onde todos se apresentaram em castelhano. Além disso, ainda foram explicados alguns conteúdos letivos da disciplina para que se tornasse mais fácil a sua aprendizagem.

A aluna observa com atenção o vídeo onde uma das suas colegas se apresenta.

Entretanto, como o Natal está mesmo a bater à porta, revelamos um pouco dos presentes que estamos a fazer para oferecer aos vários departamentos.

As mãos de uma aluna a moldar uma massa branca.

A mão de aluna a pintar uma bola pequena branca.

Um conjunto de latas redondas pequenas, uma fita branca de trapilho e duas figuras dentro de uma das caixas. Alguém descobre o que estamos a fazer? Em janeiro iremos revelar o trabalho completo.
Desejamos a todos festas felizes. Esta é a nossa árvore de Natal.

Troncos de uma árvore verdadeira e bolas vermelhas em alguns dos ramos.

Explorando o património!

À descoberta da nossa herança grega

Os gregos deixaram-nos muita história e muitas histórias… Os nossos alunos puderam descobrir  os caprichos e  as extraordinárias capacidades dos deuses e heróis gregos. Ao mesmo tempo, também aprenderam as fragilidades de todos, sem deixar passar o famoso calcanhar de Aquiles.

As peripécias da Guerra de Tróia encantaram os mais novos.

Alunos à volta da mesa com imagens dos deuses e heróis gregosActividade de colagem com deuses e heróis gregos Folha com imagens dos deuses e heróis gregos

Descobrindo os mistérios da calçada portuguesa

Os nossos alunos com os alunos do Hospital de Santa Maria, no âmbito do Projeto Teleaula, exploraram várias figuras planas: triângulos, quadrados, hexágonos, pentágonos,  retângulos… e descobriram os segredos da pavimentação, inclusive, a pavimentação da calçada portuguesa.

Uma teleaula muito divertida e interessante!!!

Alunos calceteiros realizam actividade com formas geométricas Foto com formas geométricas no computador Alunos calceteiros realizam actividade com formas geométricas Actividade com formas geométricas

Uma visita especial ao Museu do Azulejo

Existem muitas formas de se visitar um museu. Foi com muita alegria que os nossos alunos receberam a equipa do Serviço Educativo do Museu do Azulejo.

Nesta primeira visita, tivemos a oportunidade de explorar o barro com diferentes técnicas e cada criança pode construir um presépio para levar consigo.

Esta atividade aguçou-nos a curiosidade para as próximas visitas!!

Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro Presépio de barro

E chegou a época natalícia!!!!

Presépio de feltro Boneco de gengibre Postal com árvore de Natal

Árvore de Natal 

Pormenor de árvore de Natal - estrela