Viagem pelas cores

Neste início de 2.º período, continuamos a privilegiar o apoio escolar dos nossos alunos em isolamento. Esta é uma forma de tentarmos colmatar as ausências às escolas de origem.



Sempre que podem deslocar-se à nossa escola, é aí que, em pequenos grupos, desenvolvem atividades:

Também recomeçámos as nossas sessões com o Pavilhão do Conhecimento.
A Sandra e a Sílvia fizeram connosco uma viagem pelo tingimento.
Extraímos os pigmentos de algumas plantas e minerais, utilizando 3 técnicas: maceração, trituração e decantação.
As tintas que obtivemos assemelhavam-se a aguarelas e, com elas, pintámos uma grande tela. Também experimentámos fazer uma cromatografia com as “tintas ecológicas” que obtivemos.

Uma mala cheia de viagens

Uma viagem ao mundo dos Oceanos

O Francisco trouxe-nos o mar até ao hospital. Falámos do seu trabalho como oceanógrafo, de ondas e da sua formação. Respondeu às nossas dúvidas e conversámos sobre outras curiosidades. Ficámos, por exemplo, a saber que na Nazaré não é um canhão que forma as ondas gigantes!

Uma viagem pelo Ar

A nossa sessão de videoconferência com a Sandra do Pavilhão do Conhecimento foi espetacular!
A Ciência viajou pelo ar. Explorámos conceitos como a pressão, compressão, volume, tensão, força e elasticidade em experiências tais como: “Consegues encher o balão?”, “O canhão de ar”, “O colchão de balões”, “A espetada de balão”, “O balão que não rebenta” e muito mais!


Uma viagem com as Plantas

Com a Escola do IPO viajámos com as plantas numa TeleAula. Descobrimos de onde são originárias e para onde viajaram graças aos Descobrimentos. Foi interessante e divertido relembrar algumas características das plantas.

Uma viagem ao mundo das Formigas

A Sandra e a Constança do Pavilhão do Conhecimento levaram-nos numa viagem ao mundo das formigas.
Percebemos como é difícil representá-las, apesar de todos nós já termos visto muitas. Desta vez, com a ajuda de lupas, pudemos observar de perto as partes do seu corpo e como se organizam em sociedade: a princesa que, enquanto não perder as asas no voo nupcial, não passa a rainha, o irmão macho e todo o exército.


Uma viagem na Robótica

O professor Paulo Torcato continua a trazer-nos O Robot Ajuda! Temos construído robots e feito programação com Scratch e com o mBlock. São sempre umas sessões muito animadas!


Viagens ao mundo dos robots, da água e das aves

Na nossa primeira TeleAula com a escola do IPO construímos uma mala de viagem a partir da reutilização de alguns materiais. Identificámo-la colocando uma etiqueta e fizemos uma lista de palavras com coisas que não podem faltar na mala quando queremos viajar.


A equipa d’O Robot Ajuda!, liderada pelo professor Paulo Torcato, continua a visitar-nos semanalmente. Os nossos meninos contaram uma história com o Scratch, ensinámos as cores ao sapo e construímos um robot durante a Code Week 2016.

Tivemos a nossa primeira videoconferência com o Pavilhão do Conhecimento. A nossa viagem foi ao mundo da água. Falámos de Tensão Superficial, Substâncias Hidrofílicas e Hidrofóbicas, Densidades e de muitas outras propriedades.

Numa outra sessão do Ciência faz bem à saúde viajámos ao maravilhoso mundo das aves. Ficámos a conhecer mais sobre as penas, as suas funções e já sabemos identificar as que pertencem às asas, à cauda e ao resto do corpo. Distribuímos no mapa de Portugal continental algumas das espécies características.
Também fizemos biscoitos para oferecer às aves que vivem aqui perto do hospital.


No dia seguinte fomos ao jardim do hospital entregar os biscoitos que fizemos. Pendurámo-los em vários locais e esperamos que as aves gostem desta refeição!

Mala de ciência e robótica

A nossa primeira viagem de 2016 -17 foi ao mundo da Ciência. 
A Sandra e a Carla trouxeram do Pavilhão do Conhecimento um conjunto de experiências que tornaram a nossa tarde bem divertida.


As nossas máquinas de rabiscos fizeram verdadeiras obras de arte 🙂




Também arrancaram as atividades da equipa “O Robot Ajuda!”.
Tivemos 5 alunos aplicados e empenhados em aprender a programar com o Scratch.

Ensinámos o nosso sapo a construir um quadrado e a desenhar os números 2 e 3…


Um ano de faz de conta

Na TeleAula com a escola do IPO ficámos a saber mais sobre vulcões e fizemos uma experiência “explosiva”. 🙂



O professor Paulo Torcato visitou-nos para umas aulas “privadas”. Trabalhámos com o Scratch e construímos um robot.

A Sandra e a Evelina trouxeram a oficina Dóing do Pavilhão do Conhecimento para fazermos de conta que éramos sapateiros. Ensinaram-nos a fórmula que calcula o nosso número de sapatos, mostraram-nos alguns utensílios utilizados na sua confeção e deram-nos materiais para construirmos uns chinelos bem coloridos. Foi uma tarde Muuuuuuuito Divertida!

Repetimos esta atividade num quarto de isolamento. Já arranjámos sapateiros artesãos que fazem havaianas por medida. Espetacular!

A professora Paula Stattmiller trouxe 4 alunas da Escola Gaspar Correia para trabalhar connosco. Pintámos bonitos aventais e assistimos a uma música coreografada pelas alunas numa tarde bem passada.

Depois de um ano a Fazer de Conta, desejamos a todos umas Boas Férias!

Jogos, chefs e robots no mundo do faz de conta

Estivemos a jogar “O mundo do faz de conta” em que o objetivo era preencher os dedos de uma mão com fantoches, numa TeleAula com a escola do IPO. Foi divertido e houve muitas gargalhadas.


Alunos e professora a olhar para ecrã (TeleAula - sessão de videoconferência)

Com a Sandra do Pavilhão do Conhecimento fizemos de conta que éramos “Chefs”. Criámos na nossa escola um laboratório de cozinha molecular e confecionámos caviar de frutos.


O professor Paulo Torcato esteve na nossa escola para algumas “aulas privadas” de Scratch e para construir um robot.
Na primeira fizemos uma pequena história que acreditamos ser só um início já que esta aluna ADORA escrever e aprender coisas novas!
Na segunda, construímos um robot e ensinámo-lo a sentir e a ver.


Também levámos o professor Paulo Torcato para reencontrar um velho amigo do projeto O Robot ajuda! na escola do CMR Alcoitão. A sala esteve bem composta também com novos amigos. Foi uma tarde muito bem passada.



Sismos, circuitos e robótica

Com a Sandra e o Ricardo do Pavilhão do Conhecimento fizemos de conta que éramos sismólogos. Falámos dos sismos no mundo, das escalas, dos vários tipos de falhas e ondas e simulámos como é que elas se formam.
Por fim, construímos um sismógrafo e registámos as nossas vibrações.
Foi uma tarde tremenda!


Numa outra sessão, a Sandra trouxe os Little Beats.

Explorámos e construímos vários circuitos e, no final, conseguimos produzir movimento, luz e sons.

Aqui estão alguns dos nossos circuitos, um leão colorido que era diferente dos outros e ainda uma macaca animadora de festas e DJ em part-time.

O professor Paulo Torcato trouxe a Nicole e o Alex para mais uma sessão de robótica. Tivemos a sala cheia… com alunos dos 6 aos 18, de várias nacionalidades (portugueses, angolanos, guineenses, são tomenses, cabo-verdianos e ainda ingleses ) com orientação em português e inglês. Desta vez, a nossa tarefa foi desmontar e montar o robot.


Atividades sem Conta

Tivemos uma TeleAula com a escola do IPO e, finalmente, fizemos o jogo “O mundo do faz de conta”. Apesar de termos sido derrotadas, foi uma sessão onde aprendemos a jogar.

Há já algum tempo que a Sandra do Pavilhão do Conhecimento não nos trazia estas experiências espetaculares!
Divertimo-nos muito com a lata que não cai, a mensagem secreta, a areia mágica, passar no interior de uma folha A4, as explosões de cores, encher um balão sem soprar e os foguetões!
Também tivemos uma sessão de TeleAula com a Sandra e com o Miguel.
Fizemos de conta que éramos astrónomos e, com a ajuda do Miguel, esclarecemos muitas dúvidas sobre a origem do universo, o nosso sistema solar, os eclipses, as estações do ano, a sucessão dos dias e das noites… e muito mais havia para dizer!!!!
Foi Muito Bom.

O professor Paulo Torcato tem continuado a trabalhar connosco. Alternamos sessões de programação em Scratch com a construção de robots, tanto na nossa sala como em isolamento.


Faz de conta… que é Natal!

Perto da interrupção de Natal, construímos com a ajuda da Sandra do Pavilhão do Conhecimento dois instrumentos musicais: uma harmónica e uma flauta. Também percebemos que o som destes instrumentos resulta da vibração do ar!
Não foi fácil tocar mas foi MUITOOOO divertido.

Parte do nosso concerto…

A Sandra e a Constança fizeram-nos uma visita em que nos falaram da importância de preservar o meio ambiente e ensinaram-nos a transformar uma t-shirt num saco original.
Com alguns cortes e nós, decorámo-la ao jeito de cada um e fizemos as nossas ofertas de Natal.



Aprender com o faz de conta

O oceanógrafo Francisco Silva trouxe o mar à escola do hospital de Santa Maria e proporcionou-nos uma aula especial: falámos da formação das ondas, do canhão da Nazaré e dos tsunamis e explicou-nos porque existem correntes e marés. Ainda houve tempo para nos esclarecer todas as nossas dúvidas: porque é o mar salgado, porque vemos o mar azul ou verde, porque há zonas com água fria e outras com água quente… Foi um Mar de emoções!

Tivemos a visita da Mª José e do João do Museu da Eletricidade que nos trouxeram carros movidos a energia solar para construir. Fizemos corridas e divertimo-nos muito!

Com a ajuda da Sandra do Pavilhão do Conhecimento, fizemos de conta que éramos aeromodelistas e construímos aviões na nossa escola. Falámos das descobertas de Bernulli, da força de gravidade, sustentação, pressão e resistência… gostámos muito de ver o nosso mosquito a voar!

A Sandra e a Evelina vieram do Pavilhão do Conhecimento e trouxeram-nos o arco-íris. Observámos o comportamento da luz com diferentes materiais e instrumentos e organizámos uma “caça” ao arco-íris. Foi mais uma tarde bem passada 🙂

Com a Escola do IPO fizemos de conta que éramos matemáticos durante a nossa teleaula. Acertámos no 100 e resolvemos vários desafios com canetas. Foi uma tarde divertida.

Continuámos a fazer de conta que somos programadores com a ajuda do professor Paulo Torcato e dos seus alunos do projeto Robot Ajuda!