Novembro Mágico

Festarola Halloween

Tem sido muito o envolvimento a nível curricular, por isso a chegada do Halloween constituiu um pretexto para todos desanuviarmos um pouco…

Iniciámos a  comemoração do dia decorando a sala e a mesa de “gostosuras”.

Seguiu-se a realização de uma sessão de origamis, dinamizada pelas nossas colegas educadoras, onde foi possível, efetuando as dobragens corretas obter abóboras encantadas e morcegos voadores.

        

Por fim, chegou o desfile das “gostosuras” para delicia dos presentes. Ele foram dedos, múmias, fantasmas, caixões, tangerinas diabólicas, teias de aranha e outros seres fantásticos.


Ninguém fez dieta neste dia e todos se divertiram muito!


Até para o ano com mais gostosuras e travessuras!

Arca dos Contos

No âmbito das atividades previstas realizar no projeto Comunicar é preciso, temos vindo a utilizar várias estratégias de escrita criativa, uma das quais apresentamos aqui no blogue, a Arca dos Contos .

Daqui resultaram textos para publicar no site textos com 77 palavras e outras histórias.                                                                                                                                    Aqui ficam alguns exemplos:

 

 

Uma viagem de paz até ao Japão

Para celebrar a Paz no Mundo, viajámos até ao Japão. 
Celebramos a Paz todos os dias, porque sem ela não poderíamos ter escola.
Pesquisámos biografias de pessoas que ficaram célebres porque lutaram e lutam pela Paz, como, por exemplo, Martin Luther King, Tenzin Gyatzo (14º Dalai-Lama), Madre Teresa de Calcutá, Nelson Mandela, Malala Yousafzai, entre outros.
Escrevemos palavras de Paz e sobre a Paz.

A Paz é amarela como o sol.
É um cão a brincar.
É o meu irmão a saltar.
A Paz sabe a bolo de chocolate.
A Paz cheira a relva acabada de cortar.

António 

A Paz é como uma flor,
Por causa do seu esplendor.
A Paz é branca como uma pomba.
Como o amor é uma boa onda.
A Paz é alegre.
É como ficar sem febre.

Guilherme 

A paz é o mar
que ilumina tudo
a paz é uma
pomba a voar
A paz é uma rosa
que é o amor
A paz é liberdade
A paz é mais do que tudo na vida
A paz é crianças a sorrir
Como uma tela
e uma flor
que está sempre a amar
A paz é ir à escola
e aprender
e estar com
os amigos e professores.
Mafalda

A professora Sónia contou-nos a lenda japonesa dos mil tsurus e recebemos a visita da professora Anabela que nos ensinou a construir tsurus em origami.
O tsuru é um pássaro parecido com uma cegonha ou garça, o grou japonês. Além de ser uma ave linda, está em vias de extinção o que nos deixou tristes. No Japão, esta ave faz-se em origami, a técnica japonesa da dobragem de papel, para oferecer às pessoas e desejar mil felicidades, saúde e muitos anos de vida. No entanto, esta tradição tem como base uma história fantástica que fala de um pescador ou camponês que, um dia, salvou um grou da morte. Quando a ave ficou de boa saúde, o homem soltou-a. Passados dias ou meses, apareceu a este homem, uma linda rapariga que lhe ofereceu um tecido valioso e raro. O camponês era ganancioso e vendeu o tecido para ficar rico. Sem vergonha nem piedade, voltou a pedir outro à rapariga que lhe concedeu de novo o desejo. E isto repetiu-se algumas vezes. Por fim, o camponês, achando estranho o comportamento da rapariga que estava cada vez mais abatida, seguiu-a e viu o tsuru que um dia tinha salvo a tecer o tecido com as suas próprias penas. A ave ainda conseguiu transformar-se em mulher e oferecer o tecido, mas morreu logo de seguida. O camponês, arrependido da sua ganância, viveu o resto da sua vida a construir tsurus em origami e a oferecê-los às pessoas.

A nossa primeira videoconferência foi elaborada com os colegas internados no Hospital de Dona Estefânia e as professoras Clara e Dulce. Falámos da nossa vida, da escola, da Paz e do que vamos fazer da próxima vez que comunicarmos.

Estamos a trabalhar o tema da Alimentação Saudável que, na próxima publicação, irá ser abordado com mais atividades. Deixamos um registo fotográfico de uma aula com a professora Alexandra sobre regras para ter uma alimentação saudável.

O Dia Mundial da Criança conta, todos os dias

Faz de conta que o Dia da Criança é todos os dias!

E nesta instituição em particular é dia da criança todos os dias!
Como já é tradição de largos anos, o Hospital Dona Estefânia dedica, anualmente, uma semana à celebração do Dia Mundial da Criança. Este ano não podia ser diferente e muitas foram as atividades promovidas pelos diversos profissionais da área da educação e alguns convidados ao longo dos cinco dias decorridos da Semana da Criança. Alguns dos nossos alunos tiveram oportunidade de receber nas suas enfermarias o Sr. Ministro da Saúde que, a 1 de junho, marcou o dia com a sua presença.
Deixamos imagens de algumas das atividades desenvolvidas para as crianças, que incluiram histórias contadas, encenações, jogos, modelagem e dobragens.

Nós convidámos Francisco Peres para, com o seu saber e experiência, nos ensinar mais sobre a arte do Origami.

Preparando o material necessário

Material à espera dos alunos

Usando as tecnologias para explicar o básico

Depois do chapéu de samurai fizemos um peixe

O cubo resultou num bonito colorido

Férias à porta, deixemo-nos ficar com o colorido dos origami para inspirarem os alunos que ainda têm provas e exames a realizar.

Origami a sério para brincar ao faz de conta

HALLOWEEN

Entre Pão-Por-Deus e Halloween, Finados e Santos, são muitas as tradições que por estes dias nos batem à porta e às quais podemos ou não dar a nossa atenção.

Demos toda a nossa atenção à proposta das Educadoras (de Infância e não só) do Hospital de Dona Estefânia que nos desafiaram para um workshop comum dedicado às técnicas Origami ao serviço da temática do Halloween. Esta atividade esteve aberta à participação de todos os alunos que se pudessem deslocar à “Sala Preta!” – que não faz de conta (mas é branca).

Entre bruxinhas para todos os gostos…

gatinhos pouco assustadores… 
abóboras “bonacheironas”…

…e morcegos simpáticos!

O Resultado final foi…

Mãos e quadrados de papel foram essenciais, mas não só. Se as mãos não estão dotadas para esta arte há que trazer aos nossos alunos atividades alternativas e complementares, como por exemplo, o ASSUSTADOR! – faz de conta – vocabulário inglês  associado à temática, ou as TERRÍVEIS! – faz de conta – simetrias tremidas.

in “My English Book”, editora ASA
in http://www.enchantedlearning.com/finishdrawings/symmetry/halloween/tiny.GIF

E enquanto bruxas se produziam de um lado, abóboras e morcegos se descobriam por outro, escondidos no meio da sopa de letras.

Um bom Faz de Conta com o Halloween para todos!

post scriptum – “Bruxa Mimi”, “Gato Rogério”, “Vassoura”, “Varinha” e “Feitiço”, não sejam alheios a isto!

Projeto eTwinning – Communiquer avec des cartes postales/Communicate with postcards – ponto de situação

O mês de abril no calendário que veio da Grécia
Chegados ao 3º período escolar e ao final do mês de abril, olhamos para o ano letivo corrente e vemos que temos muito material para partilhar convosco resultante das produções e trocas com os nossos parceiros no âmbito do projeto eTwinning “Communiquer avec des cartes postales/Communicate with postcards”.

Logotipo do projeto eTwinning

A correspondência trocada compreendeu a produção escrita, com lugar a textos mais pessoais ou coletivos, a produção plástica e a troca de material autêntico revelador das culturas e do dia a dia escolar/local, em muitas ocasiões celebrando datas significativas como o Natal, o Carnaval e a Páscoa.

Vejam alguns registos do material que fomos recolhendo e produzindo:

Escrita de um dos postais para a Finlândia, pela aluna V.
Um mimo para a França, pela aluna L.
Aguarela para a Grécia, pela aluna V.
Um mimo para a Espanha, inspirado em Picasso, pela aluna Vv.

Não há motivo para se ficar de olhos em bico!
Uma publicação local prestes a seguir para a Roménia
Os nossos origami alinhados para serem
enviados aos respetivos países
Houve quem fizesse um auto-retrato
Publicações da nossa freguesia

 Recebemos até ao momento muitos mimos e muito material reutilizável.

Os nossos parceiros da Finlândia indicaram que estudam aqui.
Várias cartas finlandesas continham esta sugestão

Para saberem mais sobre como a sua escola está organizada podem ver este vídeo.

Apresentaram-nos os Moomin, criação de um autor finlandês

Podem conhecer os Moomin aqui.
Para conhecermos as cores em Finlandês,
a Casa dos Moomin

Para nos ajudar a aprender as cores em Francês,
veio este Elmer
Paul Cézanne, veio desafiar-nos para a pintura

Publicações que nos chegaram da França
Ímanes como estes foram mote
para o trabalho dos nossos alunos
Um incentivo à leitura que também veio de França


Cartão natalício  recebido do Reino Unido

Recebemos algumas destas máscaras gregas

Estas máscaras vieram da Finlândia
Estas máscaras vieram de França
Cartão vindo da Finlândia
Cartão vindo da Grécia

O nosso aluno A. adorou
este mobile enviado da Grécia
Aos apreciadores da filatelia…
um mimo nosso

Estrela portuguesa está eTwinning Europa fora/Turquia eTwinning – III

Durante o 1º período deste ano escolar trocámos correspondência com várias escolas internacionais. No âmbito do projeto eTwinning  Communiquer avec des cartes postales/Communicate with postcards enviámos estrelas portuguesas com um toque japonês, do HDE para todos os parceiros (fonte da estrela).

Pusemos em prática o nosso Francês, o Inglês, e o Português, claro, e até aprendemos algo de Grego, de Turco e de Finlandês.
Os nossos alunos elaboraram trabalhos que dessem a conhecer um pouco de Portugal:

  • A nossa aluna Jaíne apresentou a bandeira nacional, deu a conhecer a nossa localização geográfica e escolheu o navegador Vasco da Gama como figura nacional a destacar:

  • O nosso aluno Bruno deu a conhecer as origens do nosso hospital através da história da sua mentora, a Rainha D. Estefânia de Portugal:

  • A nossa aluna Márcia, com a colaboração da sua colega Jaíne, elaborou quatro postais alusivos a monumentos da cidade de Lisboa:

Frente dos postais que os
nossos alunos elaboraram
Verso dos postais que os
nossos alunos elaboraram

Recebemos ao longo do 1º período escolar toneladas de material, do qual expusemos uma amostra aos transeuntes do HDE.

Algum do material recebido, em exposição

A Turquia, nosso parceiro destas andanças desde o ano letivo passado, continua em grande produção e publicou esta fotografia mostrando as nossas mensagens e a estrela personalizada com as cores da bandeira turca que lhes enviámos.

Post by Türker Manga

Agora, preparamos o próximo envio de correspondência!

Pinto Pintão

Na última semana do 2.º período, a professora Paula Sattmiller trouxe alguns dos seus alunos da escola Gaspar Correia para dinamizar uma atividade na escola do HSM.

Ouvimos a história do Pinto Pintão…

Completámos a sua ilustração com origamis…


E ainda ouvimos alguns poemas escritos pelos alunos na aula de Língua Portuguesa…

Aproveitamos para desejar a todos um bom 3.º Período!

Nasceu um fruto d”A maior flor do mundo”

Painel coletivo “A maior flor do mundo”

Dado o mote pelo CMRA, apenas o nosso herói Argentino respondeu à chamada de Saramago. Mas não esteve sozinho. Dada a grandeza da flor, elaborámos um painel coletivo onde todos foram convidados a participar: através da escrita, do desenho, da pintura e da execução de origami.

Ao longo de semanas fomos compondo, inventando e criando, a partir da leitura e interpretação da obra.

Agradecemos ao CMRA o desafio lançado. E temos outros agradecimentos a fazer… Agradecemos as sementes e o cartão de boas festas que nos enviaram em tão linda encomenda! As sementes viajaram e chegaram ao destino.
Colaboraram nesta atividade os alunos: Argentino, Diana, Cláudia, Fatumata, Jaíne, Luisibério, Micaela, Nicolae, Ozório, Sandra, Sony e Vítor.

Nós somos o que comemos!?

Na escola do Hospital de Santa Maria, partimos do ditado nós somos o que comemos e fomos investigar!

Explorámos a Roda dos Alimentos e construímos cartazes com os alimentos que devemos consumir e com os que devemos evitar.



Moldámos em plasticina os alimentos preferidos.

Colocámos alimentos de todos os grupos no nosso prato.

Construímos o Jogo dos Alimentos que partilhámos em TeleAulas com a escola do IPO e com o Colégio Cesário Verde.


Também recebemos a visita da Glória que nos ensinou a fazer vários origamis!