Viagem ao país das Maravilhas e das plantas

Numa TeleAula entre a Escola do Hospital de Santa Maria e o Pavilhão do Conhecimento, viajámos pela história da Alice no País das Maravilhas.
Entrámos no quarto da Alice, vimos a Sandra fazer desaparecer um coelho, “transformar” dois berlindes em bolas de ping pong, fizemos explosões de cores, escrevemos mensagens invisíveis e, no final, conseguimos, com uma folha de papel A4, fazer uma porta por onde todos passámos… para o País das Maravilhas 🙂 🙂 🙂


Os nossos alunos também andaram a realizar trabalhos para conhecer melhor as plantas: identificaram os órgãos que as constituem, conheceram o processo pelo qual elas fabricam o seu alimento (fotossíntese) e identificaram partes comestíveis das plantas.

Construímos uma mini-estufa onde podemos observar, além da germinação, como o calor evapora a água que se condensa na tampa para cair no cultivo e, assim, mantê-lo húmido sem necessidade de rega.

E as nossas plantas continuam a crescer…

TeleAula no HDE

Desenho do Robot Pintor (TeleAula com o HSM)

A TeleAula constitui um recurso que permite desenvolver atividades partilhadas em tempo real entre parceiros que não se encontram no mesmo espaço. No trabalho desenvolvido com os nossos alunos, utentes do HDE, o papel coordenador tem cabido ao CANTIC.

A TeleAula tem ao longo dos anos sido útil de muitas maneiras e em diferentes vertentes:

  • Ligação com alunos isolados
  • Ligação com outros hospitais
  • Ligação com escolas de referência
  • Ligação com escolas de origem
Vamos aos exemplos do que tem acontecido neste ano letivo.

  • Ligação com alunos isolados

Devido à problemática de saúde que o levou ao hospital, um aluno pode encontrar-se privado de sair da cama/quarto e ver também limitada a entrada de pessoas e de material. O isolamento que daí decorre pode ser minimizado recorrendo à presença virtual de pessoas e de materiais.
O aluno impossibilitado de sair do quarto pode desenvolver atividades via TeleAula com a sala de apoio escolar.

Jogando ao Jogo de Cartas da Multiplicação

  • Ligação com outros hospitais

O aluno hospitalizado pode desenvolver atividades via TeleAula com alunos internados noutras unidades de saúde. Dado que existe um tema anual comum, estabelecemos ligação, regular ou pontual, sempre que haja atividades aliciantes que possam ser partilhadas com os alunos de outros hospitais. As atividades desenvolvidas via TeleAula entre as escolas de hospital têm temáticas e número de participantes variados.

Com o HSM a aprender a fazer o Robot Pintor
Apresentação entre alunos do HDE e do CMRA

  • Ligação com escolas de referência

Com as escolas de referência desenvolvem-se projetos que podem ser de curto ou de longo prazo.
Com a escola EB 2, 3 José Cardoso Pires participámos em sessões de leitura na biblioteca escolar, com o conto africano da Guiné-Bissau, “O presente da Lua”; e também numa sessão de esclarecimento sobre segurança na internet. Os nossos alunos encontravam-se na sala de tratamento de hemodiálise, num quarto de isolamento e na nossa sala de trabalho, e tiveram oportunidade de participar.
Com a escola EBI da Babadela temos desenvolvido ao longo do ano projetos no âmbito de atividade do Clube de Educação Tecnológica daquela escola.
Abaixo, o Clube de Educação Tecnológica mostra-nos os produtos do trabalho desenvolvido:

Do nosso lado, aceitámos o desafio e seguimos as indicações das alunas do Clube de Educação Tecnológica e dos seus professores, daí resultando jogos que os nossos alunos fizeram para si ou para as enfermarias onde se encontravam.

 
A pintar o tabuleiro de Damas
Tabuleiro de Damas pronto

Jogo do Galo

  • Ligação com escolas de origem

Alguns alunos com internamentos mais prolongados, tiveram a possibilidade de se ligar às escolas de origem para assistirem a algumas aulas ou apenas para planificarem e/ou apresentarem trabalhos pedidos pelos seus professores.

O nosso aluno Tomás, por exemplo, acompanhou algumas aulas de Português do 9º ano:

O aluno pôde ver e ouvir a professora de
Português ler e explicar passagens da obra

Ficam aqui dois exemplos de trabalhos desenvolvidos pelo nosso Diogo para a disciplina de Ciências Naturais:

PREDAÇÃO 

A flexibilidade e a variedade que o recurso TeleAula propicia ao desenvolvimento de atividades pedagógicas constitui uma mais-valia para docentes e para alunos, nomeadamente quando privados de contacto presencial.

No poupar é que está o ganho

Desenho inspirado no cartoon de Luc Vernimmen

A primavera está quase à porta e a vontade de limpar e arrumar a casa chega com esta estação do ano
Se reduzir a quantidade de produtos que traz para a sua casa, não só corta nas despesas do supermercado como também irá manter quer a sua boa saúde quer a da sua família.

Segue uma lista de hábitos comuns que poderão ajudar a substituir alguns produtos de limpeza domésticos tóxicos. Se adicionar umas gotas de óleos essenciais como, por exemplo, alfazema, rosa ou laranja doce acrescentará um cheiro agradável à sua casa.

Sumo de limão

Na casa: serve para limpar vidros e espelhos; clarear e desinfetar loiças sanitárias e tábuas de cozinha.
Cuidados de beleza: é ótimo para remover manchas de sol na pele, dar brilho ao cabelo, reduzir rugas e diminuir poros.
Fins medicinais: serve para desintoxicar, ajudar na digestão, amaciar a garganta e fortalecer o sistema imunitário.

Óleo de coco

Na casa: serve para dar lustro à madeira e remover sujidade da zona de duche.
Cuidados de beleza: é muito bom para fortalecer o cabelo, pode ser utilizado como brilho para os lábios, como desodorizante e para prevenir rugas.
Fins medicinais: melhora o funcionamento da tiróide e diminui as enxaquecas.

Vinagre de sidra

Na casa: serve como repelente de moscas e outros insetos, para limpar o micro-ondas e eliminar cheiros desagradáveis da zona da lavagem de roupa, etc..
Cuidados de beleza: é ótimo para aliviar queimaduras solares, para lavar e dar brilho ao cabelo, tratar o acne e como aftershave (loção após fazer a barba).
Fins medicinais: em pequenas quantidades e misturado com água serve para desintoxicar o organismo, para controlar a tensão arterial, curar infeções fúngicas e prevenir constipações.

Bicarbonato de sódio

Na casa: serve para limpar as loiças sanitárias e desentupir canos, limpar o fogão e o grelhador. Adicionar um pouco nas omeletes torna-as mais fofas.
Cuidados de beleza: é ótimo como desodorizante e pasta de dentes.
Fins medicinais: serve para aliviar assaduras de bebés e tratar a azia.

Seguem algumas dicas para o ajudar a poupar dinheiro, tempo e a preservar o meio ambiente.

  • Rasgue toalhas de banho velhas e reutilize-as para limpar a sua casa em vez de papel de cozinha que é caro e contribui para o aumento das lixeiras. 
  • Quando for fazer compras, deixe a sua lista em casa. Em vez disso, encha o seu carrinho de compras com produtos sazonais orgânicos da região onde habita.
  • Abasteça-se de alimentos básicos quando eles estão à venda. Algumas ideias: procure frascos de molhos, de esparguete ou outra massa orgânicos, condimentos, e legumes orgânicos congelados ou frutas.
  • Compre alimentos avulso / a granel como quinoa, granola, feijão, nozes, sementes, etc..
  • Cozinhe grandes quantidades de grão e feijão e divida em pequenas porções para congelar que servirão para futuras refeições.
  • Prepare os vegetais aos domingos. Pode lavá-los, cortá-los, branqueá-los e cozê-los a vapor.
  • Invista numa misturadora / trituradora de alta qualidade que lhe permita confecionar as suas próprias manteigas, leite de amêndoa, sopas, iogurtes, molhos.
  • Limite a quantidade de produtos de beleza que utiliza diariamente.
Utilize produtos mais saudáveis para si e para o Planeta Terra

Tenha saúde, seja feliz e preserve a casa onde habita: a Terra.

Texto traduzido e adaptado do site BodyMindGreen por António Fonseca
Desenhos elaborados por Bruna Pitau

As TeleAulas de fevereiro

Desafio

A escola EBI da Bobadela, no âmbito do projeto TeleAula, lançou um desafio aos nossos alunos no primeiro período… criar jogos de tabuleiro a partir de materiais diversos.  
Os alunos da escola do Serviço de Pediatria do IPOLFG aceitaram o desafio e criaram os jogos de acordo com os seus gostos.
Na TeleAula de fevereiro, mostraram as suas ideias e explicaram as suas escolhas!
Jogo do Sudoku

Jogo da Batalha Naval
Jogo do Galo

Os alunos da Escola da Bobadela tiveram ideias diferentes…

Jogo da Trilha
Jogo 4 em linha

As plantas aromáticas

Fomos à descoberta das plantas aromáticas com os alunos da escola do Hospital de Santa Maria!
Através de um jogo didático, os alunos descobriram características de algumas plantas aromáticas…. tomilho, salsa, malagueta, coentro e orégão!

Os alunos cheiraram e observaram a forma das folhas
Descobriram as diferenças físicas entre as plantas aromáticas 
Também perceberam que as sementes eram diferentes
Semeámos… e discutimos sobre as condições para as plantas germinarem
E assim… temos a nossa horta…

Equilibristas e sementeiras

Este mês, os alunos da escola do Hospital de Santa Maria visitaram a Sandra do Pavilhão do Conhecimento, através de uma TeleAula.

Construímos vários equilibristas… mas, para encontrar o equilíbrio, tivemos de influenciar o centro de massa.


Não é fácil mas é bastante divertido!


Fizemos uma TeleAula com a escola do IPO, onde nos divertimos num jogo para descobrir algumas plantas aromáticas através de dicas e dos próprios aromas.



Também semeámos essas plantas aromáticas…



Agora vamos cuidar delas para que cresçam!

Operação escolar – Fazer bolo de bolacha no Serviço de Cirurgia

Uma das vertentes do apoio escolar prestado no HDE é o apoio escolar individualizado.
No âmbito do apoio prestado ao nosso aluno Diogo a articulação com a sua escola de origem  tem sido especialmente rica nas disciplinas de Ciências Naturais e Ciências Físico-Químicas. Entre outros, recebemos da professora Lurdes Mateus – EB2/3 do Alto do Moinho – o seguinte documento:

Pretendia-se proporcionar ao Diogo a possibilidade de participar na atividade desenvolvida pelos seus colegas na EB2/3 Alto do Moinho.
Sem necessidade de irmos ao bloco operatório, mas com a colaboração dos profissionais da enfermaria onde o Diogo se encontra, foi levada a cabo a “Operação escolar – Fazer bolo de bolacha no Serviço de Cirurgia”.
De seguida se documenta a operação:

O carrinho com o material

A consulta atenta dos procedimentos

Claras devidamente separadas das gemas

Utilização de instrumentos

Precisão de movimentos e doses q.b.

Em qualquer operação, mais ou menos cirúrgica, a estética é importante

Alguns elementos da equipa escolar e da equipa de enfermagem a dar assistência

Um reforço na dose de café

Finalização

No seguimento desta atividade, o Diogo respondeu a uma ficha de trabalho e depois elaborou uma apresentação em powerpoint para mostrar como tinha sido capaz de responder à proposta da sua escola.

O amor anda por Alcoitão

Literalmente, o amor anda por Alcoitão. São as palavras, as cores, os desenhos, as intenções, os cheiros a alfazema a lembrar os namorados.
No jornal de parede, colocámos uma cesta com ramos da nossa alfazema nascida e criada na escola. Quem quiser, pode tirar um ramo e levar para oferecer a si mesmo ou a alguém querido.

A propósito da poesia concreta, dos poemas visuais, de signo linguístico, significado e significante, trabalhámos o poema de Décio Pignatari.

Antes de te conhecer, estava perdido numa floresta sombria.
Quando te conheci, as folhas ficaram mais verdes. As flores nasceram e um sol brilhante apareceu. Ajudaste-me a encontrar um caminho, uma saída deste passado obscuro. A minha floresta transformou-se num jardim onde viverei o resto da minha vida. Assim, um eu transformou-se em nós.

 António Fonseca

A Bruna Pitau fez uma réplica da pintura de Mikel Urmeneta que fala do amor no espaço. O amor é um sentimento universal que gostaríamos que fosse ainda mais universal. 
Após termos estudado o texto poético, a aluna elaborou um poema sobre o sentimento “amor” com base em técnicas que lhe foram fornecidas.

Amar,
É um sentimento que não se vê,
Mas que se sente.
Amar é como um bolo de chocolate,
É doce e especial.

Quando se ama
É como se o mundo fosse mais belo,
Se tornasse mais colorido.

É tão bom quando amamos,
Nunca nos sentimos sós.
Estamos com a pessoa que amamos.
E sentimo-nos especiais.

Fizemos selos subordinados ao tema para enfeitar os nossos trabalhos.

O ABC das frases que quero dizer ao meu amor

Amar-te assim perdidamente!
Bebi dos teus olhos a música do meu amor.
Corro atrás de um grande amor que és tu!
Dás-me todo o carinho que eu preciso.
Enlouqueço de amor por ti!
Fico a imaginar o meu futuro ao teu lado.
Gosto dos teus olhos.
Há uma arma secreta que se chama Amor.
Imagino-me ao teu lado.
Já pensei na vida sem ti, mas não é a mesma coisa.
Lembro-me de ti em todos os momentos.
Mando-te SMS durante todo o dia.
Namoro já faz parte da minha vida.
Omeu coração será sempre teu!
Por ti, vou à procura das estrelas!
Qualquer dia, caso-me contigo.
Rir à gargalhada, só mesmo quando estou perto de ti.
Sem ti a vida não tinha valor!
Tremo de medo de te perder.
Uso o telemóvel para trocar palavras de amor contigo.
Varres-me a alma de bons sentimentos!
Xarope tomo, quando estou doente por não estares comigo.
Zango-me quando não me ligas.

Bruna Pitau 
A malta do Alcoitão oferece um abraço a todos os colegas e professores dos hospitais.
Queremos mostrar ainda o nosso trabalho no projeto eTwinning – “Let’s Animate!”. Em breve, vão surgir mais personagens. Deem um salto ao nosso facebook!

Água e o Robot Pintor!

Museu da Água

No dia 8 de janeiro, a Escola do Serviço de Pediatria do IPOLFG recebeu a visita do Tiago Vieira do Museu da Água.
Explorámos o ciclo da água com a ajuda de um filme e alguns cartazes e refletimos sobre a importância de poupar água e as formas possíveis de a poupar.

Por fim, construímos um puzzle do ciclo da água!
Os nossos alunos estavam muito bem preparados para esta atividade!

Um Robot Pintor !!!!
Com a orientação dos alunos e professoras da escola do Hospital de Santa Maria, conseguimos construir um robot pintor!
Os nossos alunos adoraram esta atividade… apesar de algumas dificuldades técnicas em fazer o suporte para a pilha.

Aqui estávamos a tentar fazer o suporte para pilha… muito difícil!!! Mas conseguimos!!!
E a atividade foi um sucesso!

Regimes alimentares, robots e esparguete

Durante este mês, os alunos da Escola do Hospital de Santa Maria investigaram sobre os Regimes alimentares dos animais.
Organizaram textos, fizeram cartazes e interpretaram cadeias alimentares.

No dia 17 de janeiro fizemos uma TeleAula com a escola do IPO, na qual construímos Robots pintores.

A Sandra do Pavilhão do Conhecimento trouxe-nos uma aula de culinária! Estivemos a “cozinhar” esparguete de agar!

Os nossos “chefs” divertiram-se muito!

Turquia eTwinning/José Jorge Letria visita

Turquia eTwinning

Postais recebidos da Turquia

Depois do projeto “Proverbs on Water”, desenvolvido no ano letivo passado com múltiplos parceiros nacionais (CANTIC – CRTIC Amadora/Lisboa, CMRA, HSM, e IPO) e um Francês, apresentamos agora registos da ligação estabelecida neste ano letivo com a Turquia.
Através da plataforma eTwinning pudemos receber a solicitação do professor Turker Manga e conhecer os objetivos que pretende atingir com este projeto, no qual já centenas de professores colaboraram.

Preparámos postais e algumas frases em inglês que informassem os alunos turcos acerca das imagens neles contidas:
Correspondência preparada para o envio

Semanas passadas, recebemos a tão aguardada resposta dos nossos parceiros Turcos, a turma 2F, da província de Adana na região da Anatolia.

Como está prometido a todos os participantes, recebemos uma das suas obras de arte, a que chamam “Ebru”:

Ebru art work
Resposta da Turquia

2F, a turma do professor Turker Manga
Esperamos receber mais uns destes :

Nesta atividade eTwinning participaram os alunos: Paulo, Liliana e Micaela.

Visita de José Jorge Letria

O autor, José Jorge Letria, e alguns dos seus livros

Tivemos o privilégio de receber o escritor José Jorge Letria. Imaginem só! Fechou o primeiro período com chave de ouro.

Houve lugar à leitura e à conversa, tendo-se falado tanto de livros como de viagens, de música, de família, do país… Nesta atividade destinada a todos os utentes, pequenos e crescidos puderam receber e puderam interpelar um convidado que se mostrou muito disponível e multifacetado.
Aproveitámos. E agradecemos.