O meu coração é um mapa

A partir da análise e da interpretação de um cartoon de Gemma Correlliniciámos o nosso trabalho na escola do Alcoitão. Conhecermo-nos e darmo-nos a conhecer foi o lema para a elaboração dos mapas individuais de cada um de nós. E se um mapa serve para nos orientarmos, então serve para nos dar luz! Faça-se luz sobre quem somos na senda de um ano que se aproxima para celebrar a “Luz e as Tecnologias Baseadas na Luz”.
Desafiamos os leitores a descobrirem gostos, maneiras de ser e de estar na vida através do mapa do nosso coração. Não nos interpretem mal, por favor!

Turquia eTwinning – II

Postais recebidos da Turquia – II

Depois da primeira troca eTwinning com a Turquia continuámos a dar seguimento ao projeto. Enviámos mais uma carta, com ímanes ilustrativos de Lisboa e com um desenho da nossa aluna Jaíne – estávamos em março.

Segundo envio de correspondência para a Turquia
Até agora aguardávamos resposta a esta segunda missiva e chegámos a julgá-la perdida. No entanto, graças à possibilidade de comunicação privilegiada entre professores na plataforma eTwinning, conseguiu-se esclarecer os envios e confirmar o que foi recebido, ou não…

Pois bem, valeu a persistência e, apesar de datada de março, agora recebemos a segunda carta dos nossos parceiros turcos.

Carta do professor Türker M. e um dos postais que continha
Juntamente com a carta e os cinco postais vinham oito obras dos alunos:
Pintura – I

Pintura – II

Pintura – III

Pintura – IV

Pintura – V

Pintura – VI
Pintura – VII

e ainda

Pintura – VIII

Finalmente, para os interessados em filatelia…

 

***

Esperamos no próximo ano letivo dar continuidade a esta partilha.

17º Encontro TeleAula – Momentos

Não espanta ninguém dizer que as crianças doentes correm riscos de exclusão social e escolar que devem ser evitados a todo o custo. Espantoso é conseguir criar os desafios certos que levam as crianças internadas a procurar a escola do hospital e a lembrarem-na com especial carinho mesmo depois de deixarem o internamento.
Na semana passada mostrámos excertos das apresentações em que cada escola tentava mostrar os ingredientes de que é feita esta relação pedagógica complexa.
Hoje, partilhamos outros momentos do 17º Encontro TeleAula – mais do que um registo escorreito deste dia de trabalho e convívio, quisémos deixar fragmentos que apelam à nossa memória até que, com retemperadas forças, voltemos para construir um novo ano e um novo futuro.
Boas Férias a todos e um merecido descanso.

17º Encontro TeleAula

No dia 10 de Julho decorreu mais uma reunião anual da rede de escolas de hospital do projeto TeleAula (Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, Hospital de Dona Estefânia, Hospital de Santa Maria e Instituto Português de Oncologia). Para além das professoras dos hospitais, contámos com a presença de professores de duas escolas de referência – a EB 2, 3 de Alcabideche (professora Isabel) e a EBI da Bobadela (professores Carlos, Renato e Victor).
Todos os anos, reunimos para partilhar o trabalho desenvolvido ao longo do ano e falar sobre as dificuldades sentidas e as vitórias alcançadas. Com base nas aprendizagens realizadas e partindo de um tema comum, definimos as ideias que conduzirão à planificação de atividades do novo ano lectivo.
Neste 17º Encontro, definimos como tema condutor do ano “Ideias com Luz” que tem por referência a proclamação pelas Nações Unidas do ano 2015 como o Ano Internacional da Luz e das Tecnologias Baseadas na Luz.
Assim, desde a exploração científica da luz – passando por histórias relacionadas com a luz e por atividades concretas como a proposta de um dia na escola sem luz e a promoção de energias alternativas – às possíveis parcerias com entidades culturais e empresariais, surgiram ideias que vão ocupar os alunos das escolas de hospital em actividades criativas de elevado valor pedagógico. Além disso, as magníficas propostas das escolas de referência, as tarefas enviadas pelas escolas de origem dos alunos e as parcerias de anos anteriores com museus prometem dias muito animados nas escolas de hospital.
Basta juntar dois novos grandes projectos (um interno e um europeu), para ter a certeza de que 2014-2015 vai ser um ano extraordinário de dedicação, desafio, partilha e muitas novidades!
Deixamos excertos das apresentações de cada escola de hospital.




[Notícia publicada também no blogue do CANTIC onde pode visualizar um vídeo com alguns momentos do 17º Encontro].

Para encerrar

E pronto, em modo de celebração, aqui fica um vídeo representativo do trabalho produzido durante o ano escolar 2013/14 pelos alunos do Núcleo de Apoio Escolar 2º/3º CEB e Ensino Secundário do HDE, editado pelo nosso aluno Sérgio S. a quem muito se agradece o trabalho e a quem dizemos “bem haja”.

 Com votos de boas férias!

Final de ano letivo cheio de Arte

O Carlos elaborou um trabalho de pesquisa sobre história de Arte a partir de um cartoon que circula na internet e que nos pareceu bastante interessante. Aluno de Artes Visuais, no 11º ano, continua a achar que Leonardo da Vinci é o melhor de todos e nem o Andy Warhol lhe tirou esta ideia mais do que fixa.
Bom, mas o melhor é mesmo passar uma vista de olhos por estas magníficas obras de Arte. Gostos não se discutem!
A educadora Cátia, do Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão, organizou uma peça de teatro a partir da obra Tio Lobo e convidou a turma PCA1, da Escola Básica 2º e 3º ciclos de Alcabideche, e a sua professora Isabel Nunes para assistirem. Foi muito divertido! Além da representação da história, os alunos desta turma foram desafiados para reproduzirem de novo a peça. Vestiram as roupas e puseram as cabeleiras e máscaras e representaram à sua maneira imitando os atores nas suas palavras e gestos.
Uma despedida que ficará para sempre na nossa memória.
A educadora Marta, narradora, e a educadora Cátia representam junto à casa da menina
A preciosa ajuda da estagiária Carolina
Uma aluna do PCA1 reproduz a história
Isto de mentir tem que se lhe diga!
O lobo será que é mesmo mau?
O improviso foi muito divertido
Oferta do PCA1 à educadora Cátia
Os últimos minutos foram de agradável convívio

Fim do Ano Escolar

O FINAL DO ANO CHEGOU!

No mês de junho, os  alunos da Escola do Serviço de Pediatria do IPOLFG realizaram as últimas tarefas escolares pedidas pelas suas escolas. 
Foi um ano escolar muito positivo!

Para despedida do Projeto TeleAula, participámos numa TeleAula com a EBI da Bobadela.

Os nossos alunos construíram um Trapezista Articulado. Os alunos do Clube de Educação Tecnológica prepararam as peças em faia e, assim, seguindo as indicações conseguimos construir um trapezista que dá belas cambalhotas. Mas não foi fácil….

No dia 9 de junho, no âmbito do projeto MISSÃO UP, um projeto educativo da GALP Energia, aprendemos sobre as energias renováveis e não renováveis. Foi uma sessão dinâmica a três dimensões. Uma emoção!

Para finalizar, comemorámos os Santos Populares, fazendo belas decorações e manjericos! Uma beleza…

Da horta ao conhecimento

Visita à horta

Os alunos da Escola do Serviço de Pediatria do Hospital de Santa Maria foram visitar a horta pedagógica da Consulta Externa. Reconheceram e cheiraram as plantas hortícolas e aromáticas, identificaram as partes constituintes das plantas, observaram os estragos que as lagartas fizeram às couves e expuseram alguns trabalhos que realizaram na escola.

Tarefas da horta

Os nossos alunos também andaram muito atarefados com os trabalhos que realizaram na horta: tiraram as ervas daninhas, sacharam a terra, transplantaram beterrabas, alfaces, pimentos e abóboras, regaram e varreram!

O compostor

Junto à horta existe um compostor. A educadora Rita contou-nos como o construíram e explicou-nos como, de uma forma natural, conseguimos enriquecer o solo da horta sem necessidade de utilizar produtos químicos.

Animais da horta

Também aprenderam que há animais benéficos para a horta e outros que a prejudicam…

Um espantalho para a horta

Construíram um espantalho para afugentar algumas visitas indesejáveis.

TeleAula IPO

Com a escola do IPO fizemos uma TeleAula em que jogámos ao Planty, um jogo de perguntas, mímica, desenho e conceitos sobre as plantas.

Pavilhão do Conhecimento

Tivemos a visita da Evelina do Pavilhão do Conhecimento. Desta vez trouxe no colete uma proposta bem diferente das anteriores… projetámos, recortámos, construímos, cosemos e decorámos bonitos marcadores, porta-chaves e bolsas!

Em TeleAula, conversámos sobre centro de massa e de gravidade e construímos vários equilibristas.

Brinquedos, canções, jogos… e exames!

Trapezista articulado em férias

O fim deste ano escolar está aí.
Temos estudado para exames, temos concluído trabalhos para a escola e temos estado a testar sugestões de atividades de férias só para vos apresentar…

Brinquedo Trapezista Articulado (TeleAula)

O Trapezista Articulado veio do Clube de Educação Tecnológica da EBI da Bobadela, em peças. É um sujeito de fibra, de madeira, mais propriamente de faia, algo frágil e muito flexível como lhe convém ser. Os nossos alunos deram-lhe alguma cor, deram-lhe a forma com arames de cobre e/ou latão e com um fio de cozinha suspenderam-no no trapézio. Agora é vê-lo em esparregatas, pinos e cambalhotas – boas atividades para qualquer altura do ano e mais ainda em férias!
Foi graças a esta parceria no âmbito do projeto TeleAula que, com a ajuda da ficha operativa e as indicações dos membros do clube, conseguimos pôr de pé (salvo seja) tal projeto.

Ficha operativa – Trapezista articulado (frente)
Ficha operativa – Trapezista articulado (verso)
TeleAula com demonstração dos procedimentos

Marcação e furação

Agradecemos também a presença duplamente extraordinária da professora Lurdes Domingues.

Em férias, brinque!

Canções entre outras partilhas com o CMRA (TeleAula)

Nem só de sementes e ninhos se faz uma TeleAula com o CMRA! Nas últimas houve encontros e reencontros entre alunos e professores e sempre música a pedido e personalizada, com muita emoção!

Destacamos as músicas “Come a papa,
Jéssica/Priscila, come a papa” e o “Hino das Sementes”
Relembrando a música “Eu sou um coelhinho”

Apreciámos muito os momentos que nos proporcionaram e recomendamos:

Em férias, cante!

Jogos de baralho e de tabuleiro (Semana da Criança do HDE, no âmbito da comemoração do Dia Mundial da Criança)

Selecionámos jogos de baralho e de tabuleiro, adequados a crianças e jovens em idade escolar e pré-escolar. Recebemo-los com a participação das senhoras Educadoras do HDE, a quem agradecemos a colaboração.

Sistemas do corpo humano em puzzle

Jogo de xadrez, no tabuleiro construído
em TeleAula com o C.E.T. da EBI da Bobadela




As formas geométricas, cores, tamanhos
e espessuras dos Blocos Lógicos

Vocabulário Inglês – cores, números e vestuário

Cálculo, estratégia e outras
competências e saberes em ação

“Cubos de Histórias”deram voz à imaginação
e ao desenvolvimento da oralidade

Agradecimento bloguista a quem nos proporcionou os “Cubos de Histórias”.

Em férias, jogue!

Exames e outras práticas

Reforçando o trabalho a Matemática

Mesmo com o ano letivo terminado, há
sempre alunos que querem mais da escola


Por solicitação das escolas de origem dos alunos ou por sua iniciativa, a preparação específica para os exames foi uma prioridade. Houve quem se preparasse para Geografia e Espanhol (11º ano), mas a maioria para a conclusão dos ciclos de escolaridade do básico – Matemática, Português (6º ano) e Matemática, Português e Inglês (9º ano).Para quem não tinha exames, reforçar uma nota ou trabalhar autonomamente num conteúdo interessante também constituíram atividades correntes.

Em férias, estude por gosto!


E já que estamos com um pezinho nas férias…

Fazendo pulseiras de elásticos
Quem diria! Escola e férias com tanto em comum!

Ninhos e biscoitos

O Miguel a pintar o telhado do ninho
O telhado do ninho artificial

Depois de pintarmos o telhado da casa de pássaros, elaborámos um anúncio para arrendamento do espaço.


Arrenda-se
Ninho espaçoso, com uma janela, vista para o mar e para um belo jardim, próprio para um casal de pássaros pequenos como pardais, andorinhas, estorninhos, pintarroxos ou pintassilgos.
Comida gratuita incluída.
Renda: 300 trinados ou chilreios por mês.

ARRENDA-SE

Entretanto, fizemos uns biscoitos para os futuros moradores deste espaço.
Esta é a receita que ficou com bom aspeto.

Biscoitos para pássaros

Ingredientes

  • 1 jarro ou taça para misturar
  • Gelatina sem sabor
  • Meio copo de água
  • 1 chávena com sementes para pássaros
  • 1 garfo
  • Formas (ou cortadores) de biscoitos
  • Óleo vegetal
  • Espeto de madeira
  • Fita ou laço

Modo de preparação

  1. Faça a gelatina de acordo com as instruções da embalagem. Para esta receita necessita de meio copo. Deixe assentar até começar a solidificar. Depois adicione as sementes para pássaros à gelatina. Misture tudo muito bem com um garfo até as sementes ficarem bem cobertas.
  2. Unte as formas, ou cortadores de biscoitos com um pouco de óleo. De seguida coloque a mistura de gelatina e sementes dentro das formas. Leve-os ao frigorífico durante uma ou duas horas.
  3. Desenforme, cuidadosamente, as sementes com gelatina e deixe a secar completamente no prato. Este processo demora geralmente dois dias, à temperatura ambiente.
  4. Assim que os seus comedouros estiverem secos, faça um pequeno buraco no meio de cada um com um espeto para depois passar uma fita.
 

As formas e a massa dos biscoitos
Os biscoitos / comedouros feitos

Dicas

Ao pendurar o comedouro, certifique-se que este fica pendurado numa zona abrigada da chuva, para evitar que a gelatina se dissolva. Se preferir fazer um comedouro à prova de água, substitua a gelatina por banha. Para isso deverá derreter a banha e deitá-la por cima das sementes, e depois colocar tudo em formas de bolos pequenos e deixar assentar.

Bolinhos de limão

As estagiárias Carolina e Soraia do Serviço Educativo organizaram o ateliê “Biscoitos para o lanche” no espaço da escola a pensar que os nossos colegas do PCA1 pudessem participar através da videoconferência. Infelizmente, eles tinham exame e não puderam assistir.
Aprendemos a fazer deliciosos biscoitos de limão para nós e para a família. Também fornecemos esta receita e avisamos que não devem deixar muito tempo no forno, porque ficam um pouco rijos, mas se os molharem no leite ou no chá são bons na mesma.

Ingredientes

  • 500 g de farinha
  • 250 g de açúcar
  • 150 g de manteiga
  • Raspa de 1 limão
  • 3 ovos

Preparação

  1. Coloque a farinha dentro de uma tigela larga e faça um buraco no meio e deite os ingredientes. Amasse tudo muito bem até a massa se descolar da tigela e das mãos. Em seguida, estique a massa e corte biscoitos pequenos com várias formas.
  2. Aqueça previamente o forno a 180º e leve os biscoitos ao forno.
Partir os ovos
Verter os ovos para a tigela
A massa deve ser colocada em cima de papel vegetal
Biscoitos humanos que podem ser mergulhados em chocolate derretido