Oficina, visita e prémio, todos compõem o nosso património pedagógico

 Oficina de Origami

Fotografia do decorrer da atividade

O Halloween, tradição anglo-saxónica com origens no povo Celta, foi a temática da oficina dinamizada pelas Educadoras de Infância do HDE, Isabel, Gina e Cristina. Entre dobras e dobragens, fizemos aparecer morcegos e abóboras, guiados pelas indicações da experiente Educadora Isabel.

Foi uma manhã muito divertida!

Fotografia de apresentação dos trabalhos realizados

Matar Saudades

Fotografia dos cumprimentos dos colegas que passam no corredor

Desde julho que não nos víamos, e ainda não conhecíamos os novos colegas e professores da turma. Agora, no 3º CEB, visitámos a escola da aluna R. Na EBI Patrício Prazeres, assistimos às aulas de História e de Geografia, almoçámos juntos e convivemos um bom bocado.

Fotografia da turma na sala de aula

Fotografia de grupo à mesa do almoço

Depois da ansiedade pela chegada do dia, a alegria de estar na escola!

Fotografia do encontro com um grupo de colegas no corredor

Visita Inesperada

Fotografia da aluna, da professora e do Galo de Barcelos

A propósito da entrega do Prémio Nacional eTwinning na categoria Inclusão, e do respetivo Selo de Qualidade, ao projeto A birthday card for Rebeca, de que já demos conta aqui, recebemos a visita emocionada de uma das professoras participantes no projeto, a professora Cláudia.

Fomos muito mimados!

Fotografia do prémio

Para a cerimónia de entrega dos prémios foram convidadas a professora Ana Madalena, fundadora do projeto, e duas das parceiras, as professoras Cláudia e Marisa.

Fotografia do Selo Europeu de Qualidade eTwinning 2017

Novas vivências

O Mar no Hospital

Fotografia geral do decorrer do evento

O mar faz parte do nosso património e veio ao Hospital Dona Estefânia trazido pelo amigo oceanógrafo Francisco Silva.

Fotografia da simulação das ondas com um secador de cabelo

Com ele ficámos a saber como se formam as ondas, o que é o Canhão da Nazaré e como este está na origem da formação da enorme onda surfada pelo famoso McNamara. Aproveitámos ainda o momento para saber mais sobre a formação e profissão de um oceanógrafo.

Fotografia geral dos intervenientes presentes na sala

Muito obrigada, Francisco!

Namban-Jin

Imagem do biombo representativo da chegada da embarcação portuguesa à costa japonesa

Imagem representativa do biombo que ilustra a chegada dos portugueses ao Japão

A partir das imagens de um par de biombos, exlorámos pormenores representativos da forma como a chegada dos portugueses foi vista à época, no Japão. Estes hábeis mercadores e marinheiros, chamados “Bárbaros do Sul”/”Namban-Jin”, e o seu exotismo deixaram marcas na cultura japonesa.  Há 500 anos, os  Portugueses chegaram ao Japão. Daí resultaram trocas culturais e comerciais que enriqueceram Oriente e Ocidente. Nas naus, levávamos novidades de outros povos em troca de, sobretudo, prata.

Viajámos até às longínquas paragens do Oriente -Japão – a partir de imagens e objetos trazidos pela Rita Gonçalves do Museu Nacional de Arte Antiga.

Fotografia que mostra objetos representativos da cultura japonesa

Vimos também imagens e objetos do Japão atual e de como o tradicional convive com o moderno.

No final vestimos quatro personagens portugueses retratados nos biombos: o capitão-mor, o missionário, o mercador e o marinheiro.

Fotografia geral da sala durante a realização da atividade

Imagem do Capitão-Mor tal como retratado nos biombosImagem do Mercador tal como retratado nos biombos

Imagem do Missionário tal como retratado nos biombos

Imagem do Marinheiro tal como retratado nos biombos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vivenciámos  parte da riqueza do nosso património museológico através da exploração destas  enormes e belas peças atribuídas ao pintor Kano Domi (séc. XVI), as quais podem sempre ser apreciadas no museu. Por isso, agradecemos à Rita.

 

Não há escola a mais

"140 anos a cuidar da criança", poster do congresso multiprofissional do Hospital Dona Estefânia

Não há escola a mais é o título da comunicação com que participamos no Congresso Multiprofissional do Hospital Dona Estefânia, já amanhã e depois, dois dias intensos, plenos de intervenções variadas, como se pode antever na página do programa do congresso A Cuidar da Criança.

Faixa decorativa do congresso "140 anos a cuidar da criança"

Ao comemorar 140 anos a cuidar da criança, e querendo estar preparados para o futuro, partilhamos a nossa perspectiva enquanto docentes e a nossa experiência no hospital, para afirmar e confirmar que a escola no hospital não está a mais – pode constituir uma mais-valia para a criança/jovem, para a instituição hospitalar e para a própria instituição escolar.

Faixa decorativa do evento "140 anos a cuidar da criança e da família"

Divulgamos ainda o evento Open Day que se seguirá. Dirigido às crianças, e famílias, o Open Day pretende proporcionar um momento de convívio, enquanto promove a segurança infantil e dá a conhecer aspectos particulares que dignificam e enriquecem esta instituição. Melhor informação pode ser encontrada na página do programa do open day.

Recorte e colagem representando a rainha D. Estefânia

A nossa aluna Érica L. colaborou com as comemorações dos 140 anos do nosso hospital com esta representação da Rainha Dona Estefânia.